domingo, 9 de setembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - A ROSA ENFEITIÇADA


LIVRO: A ROSA ENFEITIÇADA
AUTORA: P. F. GOMEZ
NÚMERO DE PÁGINAS: 247
RESENHA POR FABÍOLA MORGAN


SINOPSE:

Esta é uma história de reencontro de almas, de amor e de perdão. Uma maldição e um feitiço, o futuro foi traçado. A roda do destino não para de girar, muitas vidas foram interligadas, quem arrisca qual será o resultado final?
Giulia vive e respira a dança. Seu mundo é organizado. Cresceu sem uma família e valoriza suas amigas fieis. Tem visões, sonhos e memórias que não a governam, nunca. Amar não está em seus planos, não nasceu para ser controlada. Ela é uma cigana sem um clã, ela é livre, ela é fogo.
Lucas vive e respira a música. Seu mundo é louco, ele é dono do seu destino. Desprezou um legado cheio de exigências e mistérios, foi renegado pela família. A noite é sua a companheira, as motos e as mulheres são seus vícios. Amor é para os tolos, ele não nasceu para seguir regras.
Eles carregam a marca da rosa e não têm a mínima ideia do que isso representa. Será que vão conseguir quebrar o feitiço a tempo ou estarão condenados tal como seus antepassados?


RESENHA DA BLOGUEIRA:

Antes de qualquer coisa preciso dizer que: todo mundo precisa ler esse livro. Estou em processo de recuperação, que livro.

A rosa enfeitiçada traz uma interessante e envolvente história entre Lucas e Guilia, um romeno e uma moça de origem cigana, o que garante ao livro muitas informações sobre a cultura cigana, algo que eu particularmente acho fascinante e a forma como tudo foi abordado nesse livro me deixou encantada.

Nosso casal divide uma paixão em comum: a música. Ela professora de dança e ele músico, e juntos são como fogo e gasolina, algo altamente perigoso e que quando se unem se tornam explosivos.

O livro foge de diversões padrões, pois temos uma mocinha forte e dominante, assim como o mocinho, são dois personagens de temperamento forte, dois jogadores natos, que sabem brincar com as palavras e que abusam da malícia e da sedução. A conexão entre eles é instantânea, mas o que ambos não sabem é que seus caminhos foram traçados anos atrás por meio de uma maldição e temos aqui uma luta contra forças invisíveis e outras bem visíveis o que torna tudo ainda mais surpreendente.

A obra conta com um pouquinho de BDSM, uma pitada de mistérios, maldições, feitiços, diversão e muito amor. A diversão fica por conta não só do nosso casal principal, que duela a cada frase trocada, mas também contamos com a ajuda dos personagens secundários que são a cereja do bolo.

A rosa enfeitiçada é o primeiro livro da série “Magia e sedução” que estou querendo continuar loucamente.

Leitura mais que obrigatória.