domingo, 12 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - BOREAL

 LIVRO: BOREAL
AUTORA MARCIA REIS MACEVAN
RESENHA POR VANIA FREIRE


SINOPSE

Sinopse
Noroeste do Continente Ilítia, Província Boreal, início da Idade Média. 
A família Temis perde sua matriarca, deixando dois jovens filhos. Meinis, o mais velho, crescendo sob a insígnia do dever e da honra, dedica-se a se tornar o próximo governador no lugar do pai e pouco conhece de amor. Lauris, o mais jovem, é ignorado pelo pai após a morte da mãe, sendo agraciado pelo carinho e amizade de Agatha e sua família, os Solens.
O afeto entre Lauris e Agatha, ao crescerem, torna-se amor e desejo. No entanto, seu relacionamento é proibido, uma vez que a moça é prometida a outro homem, fazendo com que ambos tenham de vivenciar sua paixão secretamente.
Enquanto Lauris recebe o afeto de Agatha, Meinis herda o governo da província. A vida inteira ele se dedicou a treinar para ser um guerreiro e estudou para ser um bom governante. Seu coração nunca foi habitado pelo amor de uma jovem, até que conhece Criziana, uma jovem amiga de Agatha que carrega um segredo obscuro de família. 
Mesmo sendo o amor algo doce e delicioso, em nada se mostra fácil. Esses jovens terão que lutar, superando tradições e crimes de família, para poderem enfim ficar juntos. 
Qual será o futuro desses casais? Boreal, a lenda de muitos amores tem a resposta. 


RESENHA DA BLOGUEIRA


Sabe aquele tipo de livro que você se encanta pela capa, diagramação e conteúdo? 
Então, Boreal é assim. 
A autora nos brinda com uma história encantadora, com personagens cativantes que te emocionam a cada página. 
Boreal conta a história de dois irmãos, duas histórias intensas, apaixonantes e sedutoras. E duas mulheres que viveram grandes desafios para viver um grande amor.
Lauris, um jovem corajoso, completamente apaixonado por Agatha, sua melhor amiga de infância. Meinis, outrora sério, muda completamente ao se encantar por Criziana, 
Agatha, uma mulher a frente do seu tempo, que se recusa a se curvar aos desejos alheios, Já, Criz, uma mulher delicada e feminina. Apesar de completamente diferentes, ambas lutam por suas próprias felicidades.
A escrita da autora é poética, fluida sem pontas soltas, que te segura do inicio ao fim.

Super indico!