quinta-feira, 30 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - CONDADO MACABRO



LIVRO: CONDADO MACABRO
AUTOR MARCOS DEBRITO
EDITORA SIMONSEN
RESENHA POR ELZA  SANTOS

SINOPSE

Você já viu esse filme: cinco amigos, transbordantes de hormônios, resolvem alugar um casarão no meio de uma floresta, mas não contam com a possibilidade de serem assassinados por psicopatas mascarados. O que você não viu, foi este aqui: trocadilhos à brasileira, um chapéu de cangaceiro, música brega aos montes, poeira, calor, frustração sexual e reviravoltas, ah, muitas reviravoltas. Marcos DeBrito, cineasta, roteirista e romancista, fez um caminho atípico, o de adaptar seu próprio filme das telas ao papel. E o resultado não poderia ser mais feliz – ou aterrorizador. Como você poderá conferir, as duas obras se completam; se você gostou de uma, certamente vai gostar da outra, e se conhece apenas uma, vai querer conhecer a outra. Com três narrativos que se fundem e se misturam, o autor demonstra habilidade rara na condução dos personagens e da trama, que homenageia clichês, subverte clichês e brinca com clichês. Das referências aos filmes shasher dos anos 80 aos vilões icônicos, está tu do lá, mas tudo vai além. Condado Macabro é sangue fresco com sabor tupiniquim. Quem viver, lerá.


RESENHA DA BLOGUEIRA


Uma verdade o autor disse: Quem viver, lerá!!!
E será que alguém viveu? Ou devo dizer sobreviveu? 
Acabei de ler esse livro maravilhoso, que me tirou totalmente da minha zona de conforto. Uma mistura de terror sangrento com suspense, ação, piadas de duplo sentido e muita cara de pau do Beto sem noção. 
A história começa com cinco amigos em um fim de semana prolongado numa mansão no Cafundós de onde Judas perdeu as botas. O fim de semana perfeito, certo? Não! Totalmente errado. O que começa bem, termina bem também, né? Errado de novo. 
O livro te deixa sempre com a sensação de “o que vai acontecer agora, meu Deus?”.
Sabe aquela sensação dos filmes de terror de quando você era  criança? É bem por aí! Ele te instiga. E o melhor de tudo, o autor te dá umas rasteiras que você fala assim: Opa! É isso mesmo? 
Digo que já conhecia o autor por outra obra sua que a minha amiga ganhou e achou maravilhosa. 
Quer saber qual? A casa dos pesadelos. 
Cara, eu recomendo muitíssimo esse livro! Tá na minha lista de favoritos da vida, e aquela que sempre vale a pena reler de novo.

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA: UM AMOR COMO VINGANÇA

Um Amor como Vingança
Classificação : 5/5 ⭐
Autora : Mônica Cristina
Autora Independente

Disponível em E-book na Amazon.
Livro Físico direto com a autora.

Sinopse:
Leon Stefanos e seus irmãos carregam marcas de um passado difícil, agora estão adultos e buscam vingança contra seu grande inimigo. O homem que destruiu suas vidas ainda na infância. Leon está disposto a ir além de seus limites, a vingança não é apenas contra seu inimigo, mas toda sua família, será que a inocente Melissa Kalimontes pode convencer Leon a esquecer o passado e o peso de seu sobrenome? Será que um amor pode superar a sede de vingança? A primeira história sobre os irmãos Stefanos.
Agora com NOVA REVISÃO.

Resenha por Feh Seixas

O amor é capaz de curar feridas?
A vingança é o único caminho?

Melissa Kalimontes tem uma beleza única ,uma moça sofrida desprezada pelo pai e deixada pela mãe ainda bebê. Sofre muito nas mãos de um pai tirano e ambicioso.
Leon Stefanos o patriarca da Família Stefanos ,perdeu tudo quando criança e  tornando-se responsável pelos irmãos ,venceu os obstáculos mas nutre a vingança contra Quiron Kalimontes o causador de tanto sofrimento.

O casal se envolveu de uma forma nada convencional. Ele pronto para se vingar da filha do seu pior inimigo ,mas até onde as aparências podem nos enganar?
O casal precisa superar muitos obstáculos , mal entendidos,  deixar de lado o passado e pensar no futuro  juntos. Leon se entrega ao amor e supera as dores que mesmo sem perceber o transforma em alguém mais calculista e frio. Lissa floresce na história como uma flor delicada ,se encontra ficando cada vez mais forte e consegue unir mais ainda esses irmãos.

Posso dizer que a história nos mostra que a vingança nos cega . Precisamos deixar ir para dar espaço a felicidade, ao amor e as novas chances que a vida nos dá. O casal superou todos os obstáculos de uma forma apaixonante.  Na história tem momentos de humor , drama ,superações e o final feliz bem característico. Leiam  e venham se apaixonar por esses Gregos.


segunda-feira, 27 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - INDOMÁVEL


LIVRO: INDOMÁVEL
AUTORA S.C. STEPHENS
EDITORA VALENTINA
RESENHA POR CAROL MIRANDA

SINOPSE

Os refletores nem sempre brilham. Às vezes... eles queimam!

Ser o baixista da banda de rock mais famosa do mundo proporcionou muitas vantagens para Griffin Hancock: uma bela casa, um carro veloz e, o mais importante, sua incrível esposa Anna. A única coisa que a fama não lhe trouxe foi um refletor focado apenas nele. Anna o aconselha a ser paciente, e diz que seu talento vai acabar por lhe trazer isso. Só que Griffin está farto de esperar.

De forma inesperada para todos, Griffin toma uma decisão chocante e resolve assumir o maior risco de sua vida. Subitamente ele se vê debaixo de novos refletores, luzes, câmeras e... caos -- algo que acaba por levar ao limite o seu relacionamento com Anna. Sua compreensiva esposa sempre considerou sexy o comportamento imprevisível do marido, mas, de repente, sentimentos de dor começam a transparecer em seus olhos, e isso coloca a alma de Griffin em uma espiral de desespero e infelicidade.

Justamente quando o reconhecimento do seu talento está ao seu alcance, a pessoa que ele mais ama no mundo pode estar lhe escorrendo pelos dedos.


RESENHA DA BLOGUEIRA


Para quem leu a trilogia Rock Star, conhece um pouco de Griffin, mas quem ainda não leu pode ler esse livro sem ter lido os outros sem medo.

Griffin é um personagem que a gente ama e odeia, pois ele é muito impulsivo e acaba metendo os pés pelas mãos. Neste  livro a autora mostra que ninguém é imbatível ou melhor do que ninguém,  que uma hora ou outra temos que saber reconhecer e pedir ajuda.

O crescimento do personagem é surpreendente,  até mesmo eu que não era muito fã dele, pela forma que ele agia nos primeiros livros da trilogia. Senti muita pena dele por tudo que ele precisou passar para amadurecer.
E gente, como não adorar a Anna e ver o esforço dela  para ajudar e apoiar seu companheiro?!  Mostrou que um casal é isso, de estar nos bons e maus momentos.
Gostaria de indicar este livro  para todos, pois mostra que querer ser e achar que é melhor que os outros, não vai te levar a lugar nenhum, muito pelo contrário, só vai fazer com que as pessoas que gostam de você acabem se afastando.
Será que as vezes é preciso chegar ao fundo do poço para dar valor ao que se tinha? Mas isso você só descobrirá, se embarcar nesta linda, cheia de emoções e com um enredo único.



RESENHA LUNÁTICA: O MILAGRE DO AMOR

 Sinopse:

Um acidente. Uma fatalidade.
Mudam o destino de duas pessoas.
Mimada e arrogante, Melissa Callarand tem seu caminho cruzado com o intrépido Nick Griff. De beleza máscula, selvagem e com forte personalidade, ele conquistará o frio e vingativo coração de Melissa. Nasce uma forte paixão. Rivais em uma competição, eles terão que vencer aos obstáculos que esse amor trará.
Ódio, mentiras, manipulações, rivalidades e segredos inconfessáveis surgirão para tentar destruir essa linda e apaixonante história de amor. Poderá o amor vencer?

Resenha por Thaise Ewbank

Nunca tinha lido nada da autora e gostei da experiência. Fiquei um pouco resistente no início pela história ser contada em terceira pessoa. Mas fui me rendendo pelo enredo e fiquei envolvida. Preciso dizer que o Nick me conquistou logo de cara e a Melissa me deixava com raiva hahahha.

Dizem que do amor pra o ódio é um passo e no caso dos personagens não foi diferente. Melissa queria se vingar de Nick e não amá-lo... E seu avô estava nisso com ela. Mas ela não podia controlar o destino né? Um beijo quente, cheio de segredos e de fazer a gente suspirar. Os personagens tem personalidades fortes e a forma como eles lidaram com os problemas foi bem legal. A leitura é leve e consegue te prender, além de possibilitar sentir emoções no decorrer dela. O Milagre do Amor é livro que vou guardar com carinho na minha coleção.

domingo, 26 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - INESPERADO AMOR


LIVRO: INESPERADO AMOR
AUTORA CICI CASSI
RESENHA POR CAROL MIRANDA

SINOPSE


Elizabeth é apaixonada por Sebastian desde pequena. Acredita que o mesmo nunca a pediu em casamento, pois prefere aproveitar a vida de solteiro antes de casar. 
Ao ouvir uma conversa dele com a amante, seu mundo se desfaz, porque nunca imaginou que a desprezasse tanto. 
Sendo uma solteirona pensa que, ao esperar por ele esse tempo todo, tenha acabado com suas chances de casamento, porém um francês, lindo e charmoso, lhe indica que ainda tem esperanças de encontrar um homem para casar ao vê-lo demonstrar o interesse que tem por ela.
Essa felicidade diminui quando Sebastian começa a ter crises de ciúmes, atrapalhando os avanços do novo pretendente.
Será que Sebastian, finalmente, viu que a mulher da sua vida sempre esteve ao seu lado, mas nunca percebeu? 
E Elizabeth irá se iludir de novo ou dará oportunidade para outra pessoa entrar em seu coração?

Saiba qual será o destino deles aventurando-se nesse romance de época intenso.

Link Amazon: https://goo.gl/Qx5Kgs

RESENHA DA BLOGUEIRA



Uma linda história  de amor que começou às avessas, mas que encantou a cada página.
Nesse livro vamos conhecer Elizabeth, que nutre um amor de infância por Sebastian, que é o melhor amigo do seu irmão. Ela acreditava que ele também nutria os sentimentos, até ouvir uma conversa que a deixou muito triste.
Esta historia é daquelas que você passa uma tarde lendo e se encantando. Apesar de ser um livro curto tem um enredo lindo sobre o amor. 
O casal são dois opostos, pois enquanto Elizabeth sempre mostrou que, mesmo não intencionalmente seu amor por Sebastian, ele parecia apenas ter por ela um carinho de irmão.
Uma história rápida, mas que vale a pena ler e suspirar a cada página. 
A autora aborda o preconceito vivido por  mulheres acima do peso sofre, mas a mocinha tem um coração tão bom que nunca se importou de ouvir tais comentários. Com um coração puro e doce ela defende até quem não merece. Confesso  que esperei um final um pouco mais cruel para Mary, pois ela foi muito cruel com o casal ao se aliar com um inimigo para tentar separa-los.
Leitura concluída e indico para quem quer um livro curtinho para passar uma tarde lendo.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - MEMÓRIAS DE ZARABATANAS


LIVRO: MEMÓRIAS DE ZARABATANAS
AUTOR RAFAEL CORTEZ
EDITORA SEOMAN - GRUPO EDITORIAL PENSAMENTO
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ
CONTATO: imprensa@aspasevirgulas.com.br

DESCRIÇÃO


Bastante conhecido por seus trabalhos como humorista (realiza shows por todo o Brasil) e apresentador (com passagens por Globo, Record e Band), Cortez traz à tona sua veia artística através de textos que contam histórias vividas desde sua infância, passa pela adolescência, sua entrada no universo do teatro e da música, suas desventuras amorosas, o “boom” vivido quando repórter do humorístico CQC e sua fase atual com maior atenção às artes.
Dois nomes de imensa credibilidade acompanham Rafael em seu livro: A poeta Cássia Janeiro, primeira sul-americana a ganhar o Prêmio Mundial de Poesia Nósside, chancelado pela Unesco, revisou todos os textos, além de prefacia-lo; e o premiado escritor Santiago Nazarian (autor de sucessos como “Neve Negra” e “Garotos Malditos“) será o responsável pelo texto da “orelha” da obra.
Sempre engajado em projetos de fomento à cultura, Rafael Cortez traz seus dotes já conhecidos no meio musical, teatral e da dramaturgia para dentro das páginas de “Memórias de Zarabatana”. Porém, aqui, com uma carga de responsabilidade talvez maior que em outras épocas:
“É preciso nos dias de hoje que a gente injete uma boa música, um bom poema ou um bom conteúdo na veia dos outros para que isso chegue até seu coração e realize mudanças positivas naquela pessoa. É esse meu objetivo com ‘Memórias de Zarabatanas’” – Rafael Cortez
O nome do livro é também o nome do conto de abertura, onde Cortez narra uma passagem de sua infância em que ele e os colegas brincavam de atirar sementes de árvores uns nos outros. Essa analogia de jogar algo em alguém com a zarabatana, como o autor fazia em sua infância, é o que ele busca através de seu livro: Propagar a cultura, a música, a poesia, para que essa esteja ao alcance de todos. Aliás, a música foi o elo entre ele e a poesia, o fio condutor do livro.

 “Para mim poesia é uma forma de música. Ela está presente na minha vida na hora de decorar um texto, onde tento criar rimas e métricas para me ajudar a decorar as falas de um filme, por exemplo.” – Rafael Cortez


RESENHA DA BLOGUEIRA

Quando você lê o título do livro, pensa: Memórias de Zarabatanas? 🤔🤔🤔
Mas Rafael Cortez, me fez lembrar de algo que havia esquecido, eu brincava disso, nossa como eu gostava de jogar bolinhas com o cilíndros das canetas, era nojento, mas é uma boa lembrança da infância.

" Em um mundo obcecado por entretenimento barato, às vezes faz-se necessário impor um poema, soprar um verso ou uma história como uma arma, como uma zarabatana."

Me vi refletindo com os poemas e poesias que compõem o livro, me vi chorando com a vinda da avó dele para sua cidade natal, e me fez pensar: Caraca! Preciso aproveitar mais minha avó e fazer algo por ela em vida.

" O amor entre avós e netos é breve. mas avassalador. Os avós já erraram bastante com seus filhos; então consertam o histórico negativo com os filhos deles."

Em alguns capítulos fiquei com brigas internas. Com o auto não poderei discutir sua biografia e trechos citados, como por exemplo: Velha Bruxa. Achei demais ele mencionar sua fase na escola, a professora, seus amigos e a famosa A Gazeta do Aristides. Em muitos momentos me peguei compadecida ao drama do autor, em todos os obstáculos até agora vivido e os momentos de glória. 

Você não passou , não; você não foi bem. A gente vai ficar com a mulher. Fique com Deus."


Cheguei a esquecer que ele foi famoso e ainda é, pelo programa CQC, me vi vibrando com a aceitação dos argentinos. kkkkk

"Rafa seja bem-vindo ao CQC".
"O CQC me pareceu a resposta de uma vida, o típico projeto para chamar de meu, o trabalho que justificaria eu ter optado um dia ..."

Achei grandioso ele ser tão respeitoso nas citações boas e ruins de sua vida, ser justo com aqueles que de alguma maneira fizeram a diferença para ele e até onde conseguiu chegar hoje. O livro é um marketing quando se trata de biografias, mas Rafael Cortez me fez tirar a má impressão, quando mostrou que ele ralou e rala até hoje em busca de seus sonhos. Ele levou muitas portas na cara, mas tirou como ensinamento. 

Tem sido assim desde sempre: trabalhar muito. Recomeçar, se reinventar e não esperar pelas oportunidades, mas criar as próprias.


Em relação a parte amorosa. Fiquei com dó e querendo apresentar as Lunáticas por romances.

Muitos quando vêem poesias e poemas nos livros acham cafona e até entediantes, mas amei cada um deles, foi uma mistura perfeita, pois me permitiu conhecer o autor mais afundo.

Rafael Cortez, não te conheço pessoalmente, mas estou torcendo para que as próximas páginas da vida, sejam maravilhosas.


Ah! Dia 01/09 vai rolar mais um lançamento bacanudo da Aspas em parceria com a Editora Pensamento.


RESENHA LUNÁTICA - MEU AMOR MEU HÉROI


LIVRO: MEU AMOR MEU HERÓI
AUTORA JULIA FERNANDES
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

SINOPSE

Meu anjo meu herói
Clara é uma mulher frágil e forte, que se vê em um casamento abusivo no qual apanha e sofre por anos. Ela tem uma filha linda, de cinco aninhos, chamada Mayara, que também sofre com a mãe sempre que a vê apanhando do pai.
Em uma noite em que sofria ameaças mais uma vez, do marido bêbado, Clara decide dar um basta nessa vida e aceitar a proposta da amiga que morava em outro estado. E assim, enfim, ela fugiu daquela vida sem olhar para trás.
Um ano se passou e quando Clara está vivendo tranquila com a amiga, empregada e com a sua vida sob controle, é demitida do emprego em que trabalha e se vê sem rumo outra vez. Por incentivo da amiga Laura, Clara acaba fazendo um curso de bargirl junto com a amiga e esse curso logo a renderia um emprego na casa noturna mais famosa da cidade, a Angels. Os donos da casa noturna são quatro amigos, que são conhecidos por o mesmo nome da casa noturna. Os Angels. Eles são lindos e disputados pela mulherada. 
Clara e Laura começam a trabalhar de bargirl e logo de cara um dos Angels, o Fernando, se sente atraído por Clara e os dois se envolvem em um relacionamento, no qual a Clara tem seus fantasmas do passado e Fernando tem sua família, que não aprova o relacionamento dos dois e faz tudo para separá-los. 
Entre idas e vindas, retornos e términos, será que Fernando e Clara vão conseguir enfrentar todas as barreiras que estão os separando e os impedindo que fiquem juntos? 
Essa é uma historia de amor, na qual você vai se divertir, se emocionar e se apaixonar e não parar de ler enquanto não ver o final.


RESENHA DA BLOGUEIRA

Clara com uma bagagem pesada de seu antigo relacionamento, se via tendo que recomeçar do zero, porém nada e nem ninguém fariam mal para ela e sua amada May. Ela tinha medo de tudo, com o novo emprego na Angels, conseguia enxergar um futuro, porém nunca pensou que um de seus patrões faria parte disso tudo.
Fernando decente de japoneses, era totalmente o oposto de sua família, achava um absurdo os arranjos matrimoniais impostos em prol de uma raça pura e benéfica financeiramente para a colônia japonesa.
Clara tinha medo e Fernando desejo, numa mistura de paixão e proteção, formou uma química perfeita. As mulheres perdiam um Angel e para sorte de Clara, ela ganhara um verdadeiro homem de família.
A autora abordou um tema bem polêmico, porém atual. Mostrou como nós mulheres muitas vezes nos sentimos vulneráveis numa situação de perigo, que infelizmente muitas vezes a submissão é a melhor escolha. Adorei ver que os vilões não se safaram, e tiveram um final condizente. Os personagens secundários tiveram uma participação sem que afetasse o casal central, deixando a trama leve e o leitor curioso pelos outros Angels.

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - A YOUTUBER


LIVRO: A YOUTUBER
AUTORA LEIRI JASICKI
EDITORA VOLÚPIA
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE

Será que pessoas feridas conseguem ajudar umas às outras? 
Maya é uma youtuber de sucesso que, após um acidente que resultou a morte de seu irmão e que a deixou com uma cicatriz no rosto, abandona o seu canal sem dar muitas explicações aos seguidores. 
A única coisa que a move é a vingança, e ela não mede esforços para tentar incriminar o motorista que a atropelou. 
Mas tudo dá uma reviravolta em sua vida quando ela encontra o advogado Oliver e sua irmã Nina, uma adolescente com tendências suicidas que era seguidora do seu canal. Os dois irmãos também foram vítimas de uma tragédia familiar. 
A amizade improvável entre o trio e o amor avassalador que surge entre Maya e Oliver poderão dar um novo significado para a vida da youtuber? Será ela capaz de perdoar quem mais a prejudicou? Conseguirá esquecer os fantasmas do passado e seguir adiante?
Essa história tocante trata de suicídio, de depressão, de bullying e perdas, mas, acima de tudo, de amizade, amor e novas chances.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Maya tinha a sua vida toda  cor de rosa, um mundo perfeito, com a aparência perfeita, sucesso, festas, dinheiro, quando ela perde a pessoa que mais amava. Então tudo ficou cinza. 
Nina e Oliver, ambos também vindos de uma tragédia, se aproximam de Maya, uma relação que pode tanto ser destruidora, como também pode ser a luz no fim do túnel. Cabe a Maya saber o que ela quer, e até onde se pode ir com a sua revolta. 
Uma observação a se fazer: É um  livro muito humanizado, os sentimentos saltam a cada página, você vai do riso ao choro. A solidariedade, a tristeza, então é aquele famoso misto de emoções, que eu acho que o autor quer que o seu leitor tenha, e digo, querida autora que você conseguiu isso. 
Às vezes a tragédia te leva ao obscuro, mais tão certo como o amanhecer a cada novo dia, a luz chegará te livrando das sombras, até resistimos porquê, como diz uma amiga,é muito fácil ficar no papel de vítima, todo mundo sendo o errado na situação, e você ali plena se achando a dona de toda e qualquer razão, afinal quem se importa com o sentimentos dos outros, o importante  é o seu! 
Maya no decorrer do livro, mostra vários sentimentos que muitas das vezes nós temos e não admitimos  como sendo destrutivos ou depressivos, por quê sempre repetimos que esta tudo bem, repetimos tanto que acreditamos na própria mentira. 
Como disse a autora:

 " Eu super apoio você. Não tem que esta bem todo dia, e isso é  normal, a gente não é só sorrisos todos os dias, vamos nos permitir, extravasar os sentimentos por hoje, ou amanhã, sabendo que depois você vai se sentir muito melhor. "

Livro com uma história incrível de vida, de luta, de superação diária. 

Eu recomendo muito!

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - OS ANIMAIS TAMBÉM VÃO PARA O CÉU



  
LIVRO: OS ANIMAIS TAMBÉM VÃO PARA O CÉU
AUTOR: ANTOLOGIA DE CONTOS ORGANIZADA POR CAMILA PELEGRINI
EDITORA: SINNA
PÁGINAS: 232
RESENHA POR FABÍOLA MORGAN

SINOPSE:
Dizem que anjos têm asas. Mas e se, na verdade, eles tiverem focinhos?
O que todos os contos deste livro têm em comum é o respeito por outras espécies e a humildade de se reconhecer que temos menos a ensinar e muito mais a aprender do que pensamos. Os professores? Os corações puros, doces e sábios que vêm a esse mundo para falar a quem consegue ouvir com a alma. São histórias comuns que se tornam extraordinárias quando notamos a presença dos animais em todas as páginas. Sorte a nossa tê-los também em nossas vidas e, por que não, também além dela. Afinal, os animais também vão para o céu. Ou será que é de lá que eles vêm?

RESENHA DA BLOGUEIRA
Se você, assim como eu, é louca por bichinhos, então esse é o livro certo para você. “Os animais também vão para o céu” é uma antologia com 22 contos organizada por Camila Pelegrini.
Meu coração ainda não se recuperou desses contos. Confesso que ao terminar o livro estava receosa em fazer a resenha, pois cada um foi uma experiência única e fiquei com medo de não conseguir passar os sentimentos corretos, mas vou tentar.
Quando peguei o livro não imaginava que viriam tantas lágrimas. Animais são o meu ponto fraco nos livros e esse é dedicado a eles.
O livro é encantador em tudo. Antes de comentar seu conteúdo preciso ressaltar a diagramação, é tudo muito rico em detalhes e para cada novo conto há uma ilustração correspondente que ajuda a ter noção do que esperar e te faz suspirar e correr parar ver a próxima.
Quanto ao conteúdo o livro te surpreende e te ganha logo no prefácio. Foi uma das coisas mais lindas e emocionantes que já li.

“E como poderia ser diferente, se cada vez que nos encaram com um de seus olhares doces, todo o mal se dissipa? [...] é como se nós mesmos estivéssemos neste céu, que é tão deles, mas que passa a ser nosso através de seu carinho.
São anjos com auréolas nos olhos...” (Prefácio, p. 8)

Como comentei cada conto me passou um sentimento único, alguns nos mostram a vida através do olhar desses pequenos anjos, talvez algo que nunca tenhamos nos perguntado: o que representamos para esses seres tão únicos? A relação básica é de pet e dono, mas eles são muito mais, são nossos amigos, nossos companheiros e sempre, do seu jeito peculiar, estarão ali por nós, e o mínimo que podemos fazer e estar por eles também.
Alguns contos me marcaram muito, por exemplo, o primeiro. Nossa senhora, lembro da minha revolta e crise de choro, não conseguia entender como alguém podia ser tão sádico (hahaha). Tentei me acalmar e reli o conto, chorei igual, mas o sentimento era outro, eu estava encantada e guardei aquele sentimento mágico para mim. Continuei a leitura e fui me apaixonando cada vez mais, sempre com um lencinho do lado para minhas lágrimas persistentes. No conto “A melodia perdida” precisei fazer uma nova pausa e deixar o livro de lado ou iria desidratar.

Minhas penas. Minha voz. Minha vida. Eles queriam tudo. [...] Tudo o que era motivo de orgulho tinha sido convertido em maldição pelos humanos.” (p. 34)

Os contos seguem e os suspiros não param, as lágrimas tão pouco, mas também há risos e claro revolta, mesmo se tratando de uma ficção os relatos se fazem tão reais que nos fazem sentir vergonha por sermos humanos, por saber que o descrito ali, todo maltrato e toda a dor são reais.
Só tenho a dizer que há muito não lia algo tão encantador e que me arrancasse tantas lágrimas. Foi uma experiencia linda de leitura e super indico o livro, será uma eterna e deliciosa ressaca literária.


domingo, 19 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - QUEM É VOCÊ GABRIELA?


LIVRO: QUEM É VOCÊ GABRIELA?
AUTORA EMILY MORGAN
EDITORA VOLÚPIA
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE

Playlist do livro: https://goo.gl/5EJstV

Quando Gabriela finalmente decide abrir o seu coração para o amor, eis que seu passado ressurge como um fantasma para assombrá-la e bagunçar seu presente.

Disposta a esquecer tudo e seguir em frente com Lorenzo, ela não esperava uma nova traição, que fez com que ela lembrasse o motivo de ter congelado seu coração.

 Agora ela se vê disposta a acabar com tudo e todos de uma vez por todas.

O que será mais importante: amor ou vingança?

RESENHA DA BLOGUEIRA

Quem é você Gabriela? 

É uma pergunta que fazemos a nós mesmos (Quem é você ?). Muitas vezes em nossas vidas passamos por várias transformações, e vez ao outra este questionamento aparece. 
Aqui nesse momento eu posso dizer que  Gabriela  teve todo o direito de querer vingança, e também amor. 
Vingança por tudo que ela passou, que não foi pouco, então entendo quanto um pedido de perdão ou desculpas não são suficientes para acalmar uma tempestade dentro de si mesma. 
Amor ,porquê mesmo no meio da tormenta ele a encontrou ,e ela a sua maneira permitiu que ele entrasse em sua vida. 
Um livro lindo, cheio de  surpresa em sua trama, muito bem escrito. 


Eu recomendo!

RESENHA LUNÁTICA - A YOUTUBER


LIVRO: A YOUTUBER
AUTORA LEIRI JASICKI
EDITORA VOLÚPIA
RESENHA POR CAROL MIRANDA
DISPONÍVEL AMAZON

SINOPSE

Será que pessoas feridas conseguem ajudar umas às outras? 
Maya é uma youtuber de sucesso que, após um acidente que resultou a morte de seu irmão e que a deixou com uma cicatriz no rosto, abandona o seu canal sem dar muitas explicações aos seguidores. 
A única coisa que a move é a vingança, e ela não mede esforços para tentar incriminar o motorista que a atropelou. 
Mas tudo dá uma reviravolta em sua vida quando ela encontra o advogado Oliver e sua irmã Nina, uma adolescente com tendências suicidas que era seguidora do seu canal. Os dois irmãos também foram vítimas de uma tragédia familiar. 
A amizade improvável entre o trio e o amor avassalador que surge entre Maya e Oliver poderão dar um novo significado para a vida da youtuber? Será ela capaz de perdoar quem mais a prejudicou? Conseguirá esquecer os fantasmas do passado e seguir adiante?
Essa história tocante trata de suicídio, de depressão, de bullying e perdas, mas, acima de tudo, de amizade, amor e novas chances.


RESENHA DA BLOGUEIRA


"Aquilo me feriu. As pessoas muitas vezes esqueciam que uma pessoa pública tinha o direito de não mais fazer aparições ou de, assim como todo mundo, jogar tudo para o alto."

Nesse livro vamos aprender cada lição, que é impossível não se encantar com essa história.
Maya sempre foi muito linda e carismática, tinha muitos seguidores no seu canal, só faltava apenas conquistar a parceria de uma grande marca que sempre foi seu sonho para que ela considerasse ter a vida perfeita, mas um acidente muda tudo e a partir daí que  começa todo o drma.
Esse livro vai mostrar que cada um reage de uma forma com a perda de alguém querido, que a vingança nos cega de uma forma que tudo o que acreditamos e falamos pode se perder.
Maia foi quebrada física e emocionalmente. Uma garota que usava de sua imagem para falar com as pessoas, e de repente, perder tudo, inclusive seu amado irmão,  isso  torna o mundo dela cinza e vazio. Mas esse livro também mostra a responsabilidade que um influencer digital tem com o seu público, pois da mesma forma que uma palavra pode tirar uma pessoa do poço, também pode levar a mesma para lá.  Acho que é isso que a autora quis passar, que temos que tomar cuidado ao proferir palavras na hora da raiva ou até da euforia, pois podemos nos tornar reféns delas.

"— O que acha? Tô com cara que tive um momento agradável agora há pouco? — perguntei ultrajada. Ele não respondeu nada, apenas me olhou desanimado. — Fiz o combinado, tentei conversar, mas sua irmã é um caso perdido — completei."

Oliver é um irmão zeloso que abandonou uma carreira em outro país para cuidar da irmã após a perda abrupta dos pais, mas ele não sabe colocar os sentimentos para fora até que o destino acaba unindo a vida dele com a de Maya.
Gente, esse livro é maravilhoso, e foi impossível não me sensibilizar a cada página, a autora soube abordar vários temas com uma leveza e conscientização surpreendente.  Nunca imaginei que esse livro iria me tocar tanto e que iria me fazer ficar apaixonada e totalmente presa na história esperando o final para saber o que ia acontecer. Se você procura um livro diferente, cômico,com uma pitada de drama e um belo romance, baixe esse livro. Venha se divertir, chorar com as trapalhadas e dramas da Maya.

"Eu não resisti, queria que ele se abrisse. Não que eu fizesse o mesmo, mas não queria que ele fosse como eu. Toquei no assunto que era doloroso para aquela família"

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - MENOS QUE NADA


LIVRO: MENOS QUE NADA
AUTORA LOUD CHAOS
RESENHA POR CAROL MIRANDA

SINOPSE

“Para todas as garotas, Callum Trenton era um sonho. Sua beleza gritante deixava até as mais populares e confiantes sem palavras. Elas se transformavam em seres humanos patéticos ao redor dele. Ele resumia todas a absolutamente nada.
Mas, para mim, Callum Trenton era um pesadelo.
O pior deles.
E se houvesse um inferno, ele era Lúcifer.”


Cora Arsen passou mais de um ano fugindo de seu passado. Fugindo das lembranças, da perda, da dor. 
Fugindo dele.
Ela quer recomeçar e esquecer tudo o que aconteceu nos últimos anos de sua vida. 
Mas o destino dos dois se cruza novamente. 
E depois desse reencontro, nada nunca mais será o mesmo.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Uma palavra pode quebrar tudo, uma atitude pode anular tudo. Mas será que é possível consertar as coisas quando duas pessoas se quebram?
É assim que começo minha resenha, um livro que me tão impactada com a desenvoltura da autora, a sagacidade em mudar o fluxo e o contexto da trama, mas sem estragar o livro, fazendo com que o leitor fique preso ao enredo com um baldinho de pipoca só esperando o que vai acontecer no próximo capítulo.
Eu nunca tinha ouvido falar dessa autora (Ohh... Arrependimento!),mas zapeando pelo face eu vi uma dica de livro, e pensei: Preciso ler! E gente, desde que sentei no sofá com o intuito apenas de folhear algumas páginas para saber mais sobre o livro, simplesmente não quis fazer mais nada, a não ser apenas ver o que iria acontecer.
Falar desse livro é bem difícil, pois o medo de soltar um spoiler é tremendo, e eu não quero que quem se interessar perca a vontade de lê-lo por isso. O que encontramos nesta história, são dois  jovens quebrados, enquanto de um lado temos Trenton, que teve que ser pai, irmão e médico cuidando do irmão menor portador de uma, doença que só agravava, ainda teve que cuidar da mãe que se afundou no álcool, a ponto do marido começar a sumir de casa e ele descobrir que o pai estava fazendo uma nova vida com outra família.
Temos do outro lado, Cora, que perdeu o pai muito cedo e viu a mãe se fechar em um casulo até que Phill aparece na sua vida e as coisas mudam. Mas é ai que começa toda a trama, pois a autora soube mostrar personagens reais, quebrados, com falhas e vilões. Mas também perdidos, sinceros e de bom coração.Eu acho que essa humanização dos personagens foi o que mais me tocou no livro, pois ninguém é perfeito, mas cabe a cada um reconhecer suas falhas e querer se tornar melhor,  é isso que faz a gente ficar presa na trama. Meu único incômodo foi a questão do segredo que iniciou tudo, e eu esperei um pouco mais que isso, mas mesmo assim não foi algo que estragou a história.

 Leitura concluída e mais que indicada.

DICA LUNÁTICA - ÀS MARGENS DO PASSADO




LIVRO: ÀS MARGENS DO PASSADO
AUTOR VICTOR GEOVÚ
EDITORA GIOSTRI

Disponível Saraiva https://goo.gl/HPMEXy



SINOPSE

Numa volta ao passado, antes de sua cidade ser destruída em um conflito misterioso, a jovem Kilza e seu amigo Ksein devem voltar para seu tempo antes que a Grande Guerra ocorra e, com isso, surgem divergências entre a vida a retomar e uma nova a ser construída no passado.


CONHECENDO O AUTOR

 Victor Hugo Geovú mora em Niterói-RJ. Sempre mostrou interesse pela literatura, embora só tenha manifestado a vontade de escrever um livro há alguns anos. Antes e durante esse tempo ele escrevia pequenos contos, com finais que poderia chamar de confiáveis. Seus hobbies são, principalmente, escrever e colecionar objetos antigos. Adora ir a sebos e comprar diversos livros, como os de Agatha Christie e Sidney Sheldon.




domingo, 12 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA - UM SONHO A DOIS


LIVRO: UM SONHO A DOIS
AUTORA ELISETE DUARTE
RESENHA POR VANIA FREIRE

SINOPSE

“Eu não posso ser o sonho, nem o destino de ninguém”.

Eduardo é criador de Gado de Corte e Touros de Rodeio. Sem tempo de sofrer sua grande perda, transformou a dor em luta, dedicando a vida ao trabalho duro, o que lhe rendeu o título: “O grande Barão do Gado”.

Seu foco é colocado em risco ao se deparar novamente com aquela linda mulher que sacudiu suas estruturas. Uma atração irresistível, que precisa resistir, pois só assim poderia protegê-la do seu mundo.

Isabella é uma estilista de sucesso que, de uma hora para outra é atormentada por sonhos estranhos. E foi durante um destes episódios que vivenciou uma experiência incrível, real e muito assustadora, obrigando-a procurar ajuda profissional.

Porém, só não sabia que esta jornada mudaria toda a rotina de sua vida equilibrada.

Durante uma tempestade deparou-se com um homem lindo, charmoso, montado num cavalo marrom imponente, de voz autoritária, detentor de um sorriso enigmático exatamente como o seu mundo infestado de perigos e mistérios, ao qual se vê prisioneira.

*Conteúdo Adulto com pitada sobrenatural*

RESENHA DA BLOGUEIRA

Uau! Foi exatamente isso que eu falei assim que terminei de ler esse livro.
Que história linda, emocionante e cativante. Em Um Sonho a dois, a autora nos brinca com um enredo muito bem escrito e elaborado, com uma pitada sensual, sedutora e uma dose na medida certa de mistério que te faz devorar cada página até o final. No final você termina com um sorriso nos lábios e aquele sentimento gostoso de ter lido um bom livro.
Não poderia deixar de falar da capa linda com detalhes em relevo e a diagramação encantadora.
A história de Edu e Belle é cercada de mistérios, segredos e inveja, mas principalmente muito amor.
Um Sonho a Dois, nos faz pensar como a mente humana interpreta uma situação erroneamente e isso pode mudar todo o rumo de uma vida.
Uma história surpreendente, repleta de reviravoltas e surpresas, um romance arrebatador com personagens que te conquistam e seduzem do início ao fim.

 Super indico!

RESENHA LUNÁTICA - BOREAL

 LIVRO: BOREAL
AUTORA MARCIA REIS MACEVAN
RESENHA POR VANIA FREIRE


SINOPSE

Sinopse
Noroeste do Continente Ilítia, Província Boreal, início da Idade Média. 
A família Temis perde sua matriarca, deixando dois jovens filhos. Meinis, o mais velho, crescendo sob a insígnia do dever e da honra, dedica-se a se tornar o próximo governador no lugar do pai e pouco conhece de amor. Lauris, o mais jovem, é ignorado pelo pai após a morte da mãe, sendo agraciado pelo carinho e amizade de Agatha e sua família, os Solens.
O afeto entre Lauris e Agatha, ao crescerem, torna-se amor e desejo. No entanto, seu relacionamento é proibido, uma vez que a moça é prometida a outro homem, fazendo com que ambos tenham de vivenciar sua paixão secretamente.
Enquanto Lauris recebe o afeto de Agatha, Meinis herda o governo da província. A vida inteira ele se dedicou a treinar para ser um guerreiro e estudou para ser um bom governante. Seu coração nunca foi habitado pelo amor de uma jovem, até que conhece Criziana, uma jovem amiga de Agatha que carrega um segredo obscuro de família. 
Mesmo sendo o amor algo doce e delicioso, em nada se mostra fácil. Esses jovens terão que lutar, superando tradições e crimes de família, para poderem enfim ficar juntos. 
Qual será o futuro desses casais? Boreal, a lenda de muitos amores tem a resposta. 


RESENHA DA BLOGUEIRA


Sabe aquele tipo de livro que você se encanta pela capa, diagramação e conteúdo? 
Então, Boreal é assim. 
A autora nos brinda com uma história encantadora, com personagens cativantes que te emocionam a cada página. 
Boreal conta a história de dois irmãos, duas histórias intensas, apaixonantes e sedutoras. E duas mulheres que viveram grandes desafios para viver um grande amor.
Lauris, um jovem corajoso, completamente apaixonado por Agatha, sua melhor amiga de infância. Meinis, outrora sério, muda completamente ao se encantar por Criziana, 
Agatha, uma mulher a frente do seu tempo, que se recusa a se curvar aos desejos alheios, Já, Criz, uma mulher delicada e feminina. Apesar de completamente diferentes, ambas lutam por suas próprias felicidades.
A escrita da autora é poética, fluida sem pontas soltas, que te segura do inicio ao fim.

Super indico!

RESENHA LUNÁTICA - GÊMEOS


LIVRO: GÊMEOS - AMANDO QUEM EU ODEIO
AUTORA DANIELLE VIEGAS MARTINS
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

SINOPSE

Me chamo Natália e essa é a minha história. Com oito anos, presenciei o assassinato brutal dos meus pais e, depois disso, eu tive que me mudar para começar uma nova vida no sul do país. Deixando para trás São Paulo e toda a dor e tristeza que nenhuma criança deveria experimentar. 
Assim, cresci na cidade de Gramado e descobri que gentileza e amor têm nome e sobrenome: Henrique Mallmann. À medida em que fui amadurecendo, foi impossível não nutrir por ele um amor platônico, apesar da nossa diferença de idade.
Contudo, Henrique tem um irmão gêmeo idêntico e, para minha surpresa, com a mesma face do amor e da gentileza também conheci o desprezo. Conheci Heitor. Não pensem que ele me maltratava ou que era cruel comigo. Pior. Heitor era indiferente. Quase como se eu fosse invisível. Mas com o passar do tempo eu aprendi que prefiro o silêncio de Heitor à sua ira. 
Agora prestes a fazer dezoito anos, decidi me declarar para Henrique.
_"Vinte segundos de coragem...é tudo que eu preciso".

Nunca fui de beber. Por que fui aceitar a primeira ( e depois, a segunda e a terceira) taça de champanhe? Tenho certeza que finalmente beijei o Henrique. Então, por que o braço que enlaça minha cintura é do "gêmeo mau" Heitor?


RESENHA DA BLOGUEIRA

Natália passou por muitos traumas em sua vida, se via sem os pais e sendo criada pelo avô, quando conheceu Henrique e Heitor. Ela achava o gêmeo Henrique doce e sempre atencioso com ela, já Heitor era o gêmeo mal, que fazia ela passar por poucas e boas. Com os anos se passando, sentimentos confusos, ela jurava que seu grande amor seria Henrique, ledo engano, pois amor e ódio andam lado a lado e o destino pregou uma peça e  tanto, Natália se vê nos braços de Heitor. Ele lutou durante muito tempo contra esse sentimento, pois para ele Natália deveria ser vista somente como irmã, aquela que todos da família gostava, mas para ele se isolar e tratar ela mal, faria com que uma distância fosse criada, porém após a entrega de Natália, tudo foi por água abaixo e a proteção que ele tinha por ela acabou.
Era hora de amar e mostrar que o ódio era uma grande fachada. 
A trama é bem interessante por ter uma protagonista negra, irmãos gêmeos para ter aquela disputa básica, porém não era nada disso. A autora nos surpreende quando o real amor sempre foi Heitor. Eu fiquei em muitos momentos entediada com a quantidade de informações culturais e turísticas paralelas a trama. Os personagens secundários em muitas vezes tirou o foco do casal, pois em todo o livro me vi lendo núcleos diferentes. Mas a autora soube conduzir a trama até o final. A narrativa em terceira pessoa para um livro tão extenso tornou para mim a leitura cansativa. Ao mesmo tempo que o livro é clichê, ele te surpreende no decorrer da história. 

Recomendo para quem gosta de passar dias com a mesma leitura, pois faz o leitor viajar com os personagens e suas peculiaridades.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

RESENHA LUNÁTICA: O FUNDO É APENAS O COMEÇO

Resenha: O Fundo é Apenas o Começo (Lançamento)
Autor: Neal Shusterman
Editora: Valentina

Sinopse:

Uma poderosa jornada da mente humana, um mergulho profundo nas águas da doença mental.
.
CADEN BOSCH está a bordo de um navio que ruma ao ponto mais remoto da Terra: Challenger Deep, uma depressão marinha situada a sudoeste da Fossa das Marianas.
.
CADEN BOSCH é um aluno brilhante do ensino médio, cujos amigos estão começando a notar seu comportamento estranho.
.
CADEN BOSCH é designado o artista de plantão do navio, para documentar a viagem com desenhos.
.
CADEN BOSCH finge entrar para a equipe de corrida da escola, mas na verdade passa os dias caminhando quilômetros, absorto em pensamentos.
.
CADEN BOSCH está dividido entre sua lealdade ao capitão e a tentação de se amotinar.
.
CADEN BOSCH está dilacerado.
.
Cativante e poderoso, O Fundo é Apenas o Começo é um romance que permanece muito além da última página, um pungente tour de force de um dos mais admirados autores contemporâneos da ficção jovem adulta.


Resenha por Carol Miranda

Como dizer o que senti, e as emoções que esse livro me trouxe sem dar spoilers?  Como fazer o leitor entender a maravilha que é esse livro e  mostrar como ele envolve e te arrasta para dentro da história?

Nesse livro vamos conhecer Caden, um adolescente que começa a se perder dentro da sua mente. O livro vai intercalando entre o mundo real e o mundo que Caden criou para si. Ele vai mostrando aos poucos como essa doença vai criando raízes na cabeça do personagem e como todos ao redor dele são inimigos ou alguém que ele não pode contar.

Podem me chamar de louca,  mas o melhor de tudo, é que no livro, você cria uma conexão que é impossível de não sentir tudo que o personagem sente. Inclusive em um ponto, que ele chega a indagar o amigo,  será que ele que está louco ou será que são as pessoas ao seu redor?

Foi a primeira temática psicológica que li e o primeiro livro do autor, e só posso dizer que estou completamente fascinada com essa trama. Mas vocês devem estar se perguntando: Qual o problema do personagem? Isso eu não vou contar, pois acredito que é o suspense que torna esse livro maravilhoso e que me fez ficar apaixonada e querendo lê-lo  até descobrir o encerramento de toda a história.

E gente, que final incrível!

Que história maravilhosa e que enredo eletrizante! O autor utilizou a doença do filho e inclusive dos desenhos dele para criar esse livro surpreendente. Só posso dizer para vocês lerem e se aventurarem na história de Caden.

Como disse o autor, eu espero que quando o abismo olhar para você, seja capaz de retribuir o olhar corajosamente.