domingo, 15 de julho de 2018

RESENHA LUNÁTICA - SEM VOLTA




LIVRO: SEM VOLTA
AUTORA CAROL MOURA
EDITORA LIVROS PRONTOS - 2018
RESENHA POR FEH SEIXAS

SINOPSE

Quando as coisas ficaram difíceis para Linda Hatman, a única coisa que sua mente perturbada pensou em fazer foi fugir para Vegas e realizar os 10 itens de uma lista rebelde. Dona de uma rede de hotéis avaliada em alguns milhões de dólares, Linda foi preparada desde cedo para tocar os negócios da família e jamais meter os pés pelas mão. Porém, quando ela pede para um sedutor barman em um hotel cassino lhe ajudar com os itens de sua lista de merda, como ela costuma chamar, a sorte é lançada. No lixo, na opinião da mulher. 
Na manhã seguinte da sua noite de aventura, com uma ressaca infernal, ela não somente descobre que alguns itens da lista foram realizados, como também os dois últimos foram completos e muito bem consumados. Linda casou e transou com um estranho. Agora ela só precisa cancelar o casamento, certo? 
Errado. 
É dia dos namorados e esse é o único dia em que nenhum cartório tem autorização para tal procedimento. Uma lei implantada pelo governador romântico do Estado de Nevada. 
Linda então precisa passar mais um dia com o seu parceiro de crime para conseguir cancelar a burrada que fizeram e cada um seguir o seu caminho. Certo? 
Talvez sim! Talvez não!

Terceiro volume da Coleção CEO do Selo Botando Banca! pela Editora Livros Prontos



RESENHA DA BLOGUEIRA

Classificação: 5,0

Linda Hatman é uma mulher de 30 anos que não sabe o que é se divertir, ela é workarolic, desde cedo foi treinada para assumir a Rede de Hotéis do seu pai, após receber uma notícia que a deixa sem chão resolve tomar uma atitude. 
Ryan Knoxville ou Knox para os íntimos é um barman tatuado que vive do seu trabalho, tem amigos e uma vida simples, mas feliz. 
A história é um romance leve e rápido, estilo romance de banca, tem um pouquinho de cada coisa, drama, clichê e o final feliz. Linda resolveu se divertir pela primeira vez em sua vida e escolheu Las Vegas como destino. Prepara uma lista fora do comum, no início da diversão encontra Knox. Ele se encanta por ela, resolve ser o cara a ajudá-la a realizar os desejos da lista.
 O enredo é divertido e leve, no decorrer da história fica claro que nem todo o dinheiro do mundo traz felicidade ou uma vida saudável. Knox é simples, mas faz o que pode para fazer Linda feliz e se divertir nessas 48 horas juntos, ele luta por ela e mostra em cada momento. Fiquei apaixonada pelo casal, a simplicidade do Knox, a força que ele passa a Linda, mesmo em mundos diferentes eles conseguem se entender e se entregam ao que sentem.

RESENHA LUNÁTICA - GROUPIE






LIVRO: GROUPIE
AUTORA CAROL MOURA
EDITORA LIVROS PRONTOS
RESENHA POR CAROL MIRANDA

SINOPSE


Para conquistar o astro do rock do momento, Marla Jensen tinha o plano perfeito: não ser ela mesma.
Mimada e sem preocupações na vida, Marla tem apenas duas paixões: suas telas para pintar e o vocalista da banda Golden Wild. Quando ela descobre que a banda toda passará quinze dias a bordo de um cruzeiro temático, longe do assédio da imprensa e dos fãs, ela vê a oportunidade perfeita para pôr em prática seu plano de fisgar sua paixão.
Mas as aparências enganam, e Marla aprenderá que o amor verdadeiro não mente.
Resta saber se quando ela perceber, não será tarde demais.

A autora destaque do Wattpad e Best Seller da Amazon com obras como Sem dizer Adeus e Orange Kiss lhes trás um novo romance Young Adult. Com pitadas de humor e erotismo, Carol Moura lhes apresenta esse novo sucesso.


RESENHA DA BLOGUEIRA



Nesse livro vamos conhecer a doidinha da Marla,  que faz de tudo para conquistar o cara dos seus sonhos, mas não é qualquer cara, ele é simplesmente o vocalista de uma das maiores bandas de rock da atualidade. Marla não mede esforços para conseguir o que quer. Tendo um pai que prefere fazer suas vontades do que ficar em meio a uma confusão e uma mãe que é considerada uma sociality, que é um exemplo a ser seguido, ela acaba se perdendo sem perceber, afastando amigos que lhe faziam bem e se tornando uma garota fútil e mimada que acredita que o dinheiro compra tudo, até claro, ela embarcar em um cruzeiro para tentar, enfim mostrar que ela é a mulher perfeita para ele.
Robert ou Rob é um cara tranquilo, que tem o peso da fama nas suas costas, cansado das loucuras das groupies, ele acaba conseguindo junto com os amigos 15 dias de descanso em um cruzeiro que só tem pessoas mais velhas e que pouco vão se preocupar quem são, mas tudo já começa a dar errado quando Nádia consegue de alguma forma, também embarcar com ele e os amigos no Cruzeiro para tentar fazer ele aceitar que merecem uma chance.
A história é surpreendente e a autora mostra o amadurecimento de cada personagem no decorrer da trama,
nos coloca para pensar em cada ponto do livro. O livro além do romance, tem as partes cômicas que são a cereja no bolo para tornar essa história linda e mega divertida. Eu confesso que muitas vezes fiquei com muita dó da Marla, pois via ela fazendo as coisas para chamar atenção e ser notada pela família e claro, conseguir sempre tentar ganhar a aprovação da mãe.
O que você faria se tivesse a oportunidade de conquistar o crush dos seus sonhos?
Será que vale tudo por amor, e que uma mentira pode ser perdoada?
Venha descobrir em Groupie

sábado, 14 de julho de 2018

RESENHA LUNÁTICA: ESPERE-ME ACORDADA


Espere-me Acordada
Autora: Anne Marck
Spin off do livro Dom(trilogia Protetores)

Sinopse
Nicholas e Sophia têm um passado doloroso juntos. Ela era a menina pobre, ingênua e apaixonada. Ele, jovem herdeiro de uma das mais tradicionais famílias da inescrupulosa máfia italiana. A maldade os separou e causou danos profundos. Sophia foi gravemente ferida e Nico fez uma escolha: não acreditar nela. Os anos se passaram, ele assumiu os instintos de seu sangue e se tornou um homem perigoso, temido por todos. Sophia decidiu transformar sua dor em ajuda ao próximo, trabalhando como assistente social numa região hostil da cidade. Contudo, o tempo não conseguiu amortizar a dor, a mágoa... e o amor.


Resenha por Elza Santos


Nicholas e Sophia é aquele casal, que logo nos primeiros capítulos você se apaixona. Sentimos, como algumas autoras dizem, aquele amor palpável entre os dois.
Então, fatos ocorrem e eles se encontram novamente. Agora poderá esse amor, que ficou escondido em um coração quebrado, ser recuperado?
Ambos irão tentar resolver as feridas do passado por um bem maior. É um spin-off maravilhoso, cheio de amor, mágoa, ressentimento e que te prende do início ao fim. Leitura boa, que flui e te conduz a não parar. 

Recomendo!

quarta-feira, 11 de julho de 2018

RESENHA LUNÁTICA - NA ILHA


LIVRO: NA ILHA
AUTORA  TRACEY GARVIS GRAVES
EDITORA INTRÍSECA
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE

Uma ilha deserta e ensolarada, com vegetação luxuriante e banhada por um mar cristalino pode ser o cenário de um sonho. Ou de um pesadelo...
Anna Emerson é uma professora de inglês de 30 anos desesperada por aventura. Cansada do inverno rigoroso de Chicago e de seu relacionamento que não evolui, ela agarra a oportunidade de passar o verão em uma ilha tropical dando aulas particulares para um adolescente.
T.J. Callahan não quer ir a lugar algum. Aos 16 anos e com um câncer em remissão, tudo o que ele quer é uma vida normal de novo. Mas seus pais insistem em que ele passe o verão nas Maldivas colocando em dia as aulas que perdeu na escola.
Anna e T.J. embarcam rumo à casa de veraneio dos Callahan e, enquanto sobrevoam as 1.200 ilhas das Maldivas, o impensável acontece. O avião cai nas águas infestadas de tubarão do arquipélago. Eles conseguem chegar a uma praia, mas logo descobrem que estão presos a uma ilha desabitada.
De início, tudo o que importa é sobreviver. Mas, à medida que os dias se tornam semanas, e então meses, Anna começa a se perguntar se seu maior desafio não será ter de conviver com um garoto que aos poucos torna-se homem.
“Tracey Garvis Graves tem uma dessas histórias em que um sonho se torna realidade, que deixa outros escritores ao mesmo tempo felizes e um pouco invejosos com seu sucesso.”USA Today

RESENHA DA BLOGUEIRA

Esse livro foi uma indicação de uma amiga muito querida, e posso dizer que é um daqueles que levamos para a vida. 
A autora soube conduzir o enredo com calma e tranquilidade, fazendo a leitura fluir com muito interesse, sendo impossível parar de ler. 
Quando eles sobrevivem na ilha, parece que você está lá com eles, passando por todas as angústias por não saber o que o futuro reserva. 
Flutuei nessa ilha com Anna e TJ, nadei com golfinhos, pescamos, catei fruta pão, bebemos água de coco, dormimos no bote e acordamos vendo as esperanças indo embora como o tempo. Esse mesmo tempo que nos fez amadurecer, crescer e nos fez cúmplices, também. 
Apesar de todos os acontecimentos, eles não se tornaram amargos, ao contrário, tornaram-se amigos, companheiros, cúmplices, sendo o que o outro precisava a cada momento do dia e da noite.  
Me encantou muitíssimo! 
Recomendo que você pegue  a sua canga, se deite embaixo de um coqueiro e embarque nessa história comigo.

sábado, 7 de julho de 2018

RESENHA LUNÁTICA - EU EM VOCÊ


LIVRO: EU EM VOCÊ
AUTORA MONICA CRAVEIRO
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE

Amanda é uma jovem que aprendeu desde cedo o quanto a vida pode ser difícil. Acompanhada pelo sofrimento, poucas coisas a faziam sorrir ou pensar no amor, e uma dessas poucas coisas era o par de olhos azuis que pertencia a um rapaz que tomava café toda tarde na lanchonete em que ela trabalhava. 
Erick sempre teve tudo o que quis. Acostumado a uma vida de privilégios, nunca se sentiu intimidado, até colocar seus olhos na garçonete do café da faculdade. Ela tinha um olhar tímido que o encantava. Em uma noite, o destino faz o seu trabalho, e ela entra em sua vida.

Será que Amanda poderá confiar em alguém a ponto de se entregar totalmente e se permitir ser curada das marcas de um passado tão presente? Será que é possível resistir a um amor que, apesar de todas as barreiras encontradas, cresce a cada dia?

Eu em você é um romance que fala sobre amor, amizade e fidelidade. Ele nos mostra que o amor é o sentimento mais forte que pode existir e que há laços que jamais podem ser quebrados.


RESENHA DA BLOGUEIRA 



Entre Amanda e Erick logo nas primeiras páginas você reconhece o amor!! 
Mas como toda boa história algo de errado não estava certo, após uma decepção com Erick, Amanda decide sumir, e após alguns anos o destino os colocam frente a frente. 
Tantas perguntas e sentimentos misturados, conseguirão resolver todos os desencontros? Poderão se perdoar? 
Esse é um romance lindo, muito bem escrito, tem uma trama muito bem elaborada, te prende do início ao fim. Os personagens secundários é outro achado na trama, tem uma sequência sim, mas essa história esta fechada. É uma série com as histórias independentes. 

Eu recomendo!!

RESENHA LUNÁTICA - ALÉM DA SUPERFÍCIE


LIVRO: ALÉM DA SUPERFÍCIE
AUTORA DUDA RAZZERA
EDITORA DIGITAL PEN
RESENHA POR CAROL MIRANDA

SINOPSE

As pessoas costumam dizer que a primeira vez a gente nunca esquece. Alice só não sabia que a primeira crise de ansiedade também estava nessa categoria. Ela nunca pensou terminar sua graduação com sete quilos a mais do que gostaria, chutada pelo seu namorado, desempregada e (ainda) morando com os pais. E nunca pensou, principalmente, que o Transtorno de Ansiedade Generalizada faria parte do seu cotidiano.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Nesse livro vamos conhecer Alice, que vê sua vida ficar de pernas para o ar após romper um relacionamento, engordar alguns kilos e não menos importante,ter que aprender a conviver com a crise de ansiedade. Quando se soma tudo isso, a autoestima da personagem cai de uma forma que ela precisa lutar diariamente para tentar colocar sua vida novamente nos trilhos.
O livro além de ter uma história de conscientização maravilhosa, mostra o quanto é essencial ter pessoas ao nosso lado para que a gente se recupere, e isso não vale apenas para a crise de ansiedade.
A autora vai muito além nesse livro abordando a conscientização e como às vezes na vida, nos tornamos muito o que menos gostamos, vamos ver também sobre o preconceito contra os LGBT, que você pode ser melhor e até fazer tudo corretamente que mesmo assim vão te julgar pela sua opção,  vi o sofrimento que Cris passou para ser aceito pela família, e ainda sim, manter firme sua opção. 
Aprendemos também com Malu, o quanto ser rejeitada pelo pai influenciou na pessoa que ela se transformou. E que o caráter muitas vezes não vem junto com um sorriso doce e um rostinho bonito.
Confesso que parei, sentei e fiquei me remoendo para fazer essa resenha, e claro, fazer jus a esse livro que prende a gente a cada página e também nos deixa não apenas uma, mas várias lições para sermos alguém melhor, para que a gente pare de julgar o outro com tanto afinco e que claro, colocar para fora o que te faz mal é a melhor saída, ou mais cedo ou mais tarde seu corpo vai cobrar por isso.

A evolução e o crescimento da personagem é maravilhoso. E o que dizer do Marcelo que sempre esteve ali, que foi um grande ombro amigo para Alice? Somente com o final que esperei um pouco mais da história ,não que teve alguma ponta solta,  mas quando Alice finalmente teve seu final feliz acabou a história, e eu sou daquelas que gostam de ver um pouco mais de como foi a vida do casal.
Eu indico esse livro para todos, pois com toda certeza vocês irão tirar  muitas lições.
Leitura concluída e mais que indicada.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

RESENHA LUNÁTICA - OS AMANTES DA GERAIS


LIVRO: OS AMANTES DAS GERAIS
AUTORA JACINTA DE RESENDE BORGES
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

DESCRIÇÃO

OS AMANTES DAS GERAIS

Livro físico diretamente no site


Ebook Amazon:



SINOPSE

Uma história de amor quase a la Shakespeare, mas ambientada no Sudeste brasileiro, mais especificamente no Triângulo Mineiro, nas antigas fazendas de gado, nas primeiras décadas do século XX. Matilde e Théo sofrem muito por causa do amor proibido pelo pai da adolescente. Será que eles vencerão a luta? Que importância terá Guto na história?


RESENHA DA BLOGUEIRA

Com uma narrativa em terceira pessoa, porém com um jeito único, Os amantes das gerais se mostra uma trama com riquezas de detalhes de passagens históricas sobre o estado de Minas gerais, de como as terras e seus fazendeiros eram prósperos, porém rígidos com suas fazendas e criações de seus herdeiros. Matilde desde muito nova sabia que não queria ser uma esposa como a mãe, que fazia tudo perfeitamente para agradar seu marido. Ela possuía sonhos e não queria que nada pudesse arrancar seus ideais. Até passar as tão esperadas férias na Fazendo Campo Belo e conhecer o obstinado e trabalhador, Theo.


“Declarações singelas, inocentes afagos e um longo beijo, 
refletido naquelas águas claras e borbulhantes, tendo apenas 
guaxos e juritis por testemunhas, selou, naquele momento, o 
solene pacto de amor que aquele casal realizava, seguro e com espontaneidade.”

Os amantes estavam cegos de amor e se entregaram a paixão sem pensar nas consequências. Eles possuiam situações financeiras bem diferentes, agora se viam num dilema imposto pela sociedade da época e o pai autoritário de Matilde.

“Esqueceram-se dos perversos ditames sociais 
vigentes naquela região e que sua família os observava com 
fidelidade. Embora enamorados, estavam condenados a
palmilhar horizontes opostos por força do preconceito, da 
intolerância e da insensatez.”

Essa trama foi mais cruel que  o terrível destino de Romeu e Julieta. Como um pai nega o direito da felicidade da própria filha em nome de seus caprichos e ego? Como sofri com Matilde e Théo, nenhum casal merecia tal desfecho, uma história de amor que tinha tudo para ter um outro rumo, até mesmo o mais esperado clichê. Tanto tempo se passou e sofrimento esses personagens passaram. A autora conseguiu desenvolver uma trama única, com várias curiosidades históricas de Minas e seu desenvolvimento ao longo das décadas. Os desfechos dos personagens secundários não ficou no esquecimento, dando importância a cada um que fez parte dessa trama tão sofrida. Em muitos momentos parecia que estava escutando a narrativa de uma avó, contando uma história triste de tempos atrás, com riqueza em cada detalhe.
Depois de trinta anos de uma história a la Romeu e Julieta, muitas penitências por  amarem sem consentimento e terem que se sujeitar a tirania do coronel Joaquim, finalmente esse casal pôde encontrar a felicidade.

O final da trama achei corrido demais diante de tantos anos de sofrimento, acho que poderia ter sido mais desenvolvido esse reencontro, afinal a Matilde adquiriu muitos bloqueios psicológicos ao longo dos anos.
Mas como um todo é uma trama sofrida, que o leitor se ver sofrendo junto aos personagens, ao mesmo tempo que torce para que ambos encontrem a felicidade.

Super recomendo!

quarta-feira, 4 de julho de 2018

RESENHA LUNÁTICA: A MARQUESA

Livro: A Marquesa
Autora: Nahra Mestre
Editora Portal
Resenha por Carol Miranda

Descrição

A série Damas Perfeitas retrata as mulheres que se escondiam atrás das convenções sociais impostas no século XIX, na Era Vitoriana. Nessa época, quando o conceito de "amor romântico" passa por profunda transformação, existiram algumas que desafiaram as regras e fizeram a diferença na história do Reino Unido. Apesar da aparência frágil e submissa, elas tiveram um papel fundamental nas relações sociais e políticas de seus maridos. Por trás dos homens e com muita sensibilidade, fizeram história no período Pós- Revolução Industrial.


Sinopse


A Marquesa

Nos palcos da aristocracia inglesa do século XIX, Sarah Granville Anson descobre, ainda muito jovem, que foi prometida para o primo Thomas Hervey, futuro marquês de Bristol.
Enquanto ela se prepara para ser a esposa perfeita, Thomas torna-se cada vez mais contrário a qualquer tipo de sentimento.
Uma dama apaixonada, que faz de tudo para conquistar o amor do futuro marido, ainda que com artifícios inapropriados para a sociedade conservadora em que vive. Um cavalheiro marcado pelo passado, avesso ao amor, mas que se vê envolvido pelos encantos de Sarah a cada dia.
Quando Thomas se der conta de que ela é o amor de sua vida, pode ser tarde demais.
Um romance de época, que retrata uma mulher à frente de seu tempo e que levará o leitor (a) a uma deliciosa viagem pela Era Vitoriana.



Resenha da Blogueira



A Marquesa é aquele livro que mostra o poder de uma mulher. Mesmo em uma época tão machista, com conceitos intoleráveis para o nosso tempo, a autora soube colocar uma personagem à frente do seu tempo e que lutou pelos seus ideais com afinco.
Nesse livro vamos conhecer Sarah, uma menina que foi prometida aos 13 anos para o primo, que se dedicou para manter suas idéias e para ser uma excelente esposa sem perder seus princípios. Conhecemos também Thomas, que após descobrir segredos obscuros acreditou que o amor é uma cilada e prometeu jamais se apaixonar.
Nesta história vi um crescimento impressionante na escrita da Nahra,  que me fez sentar e devorar a história querendo saber o desfecho desse primeiro livro. O crescimento e desenvolvimento da história é outro ponto chave,  fora os fatos históricos e detalhes da época que a autora mostra que foi feita uma grande pesquisa para ser construído esse livro.
Apesar de uma parte dos segredos e a história central do casal ser concluída alguns pontos, vi que a autora deixou para o próximo livro, já que os livros vão completar um ao outro. Então pode ler sem medo, pois o casal central tem o seu desfecho no primeiro livro.
Segredos ,mentiras e reviravoltas, até que ponto você é capaz de ir por amor?
Será que um coração amargurado é capaz de amar novamente?

Descubra em A Marquesa.

RESENHA LUNÁTICA: A CASA DOS PESADELOS



Livro: A Casa dos Pesadelos
Autor: Marcos Debrito
Editora: Faro Editorial
Resenha por Carol Miranda


Sinopse

Dez anos depois de estar cara a cara com aquela assombração, Tiago finalmente concorda em voltar àmesma casa para visitar sua avó. Agora adolescente, ele pretende provar para si mesmo,que a terrível imagem que o aterrorizara nas madrugadas por tanto tempo, não passava de uma criação tenebrosa da infância. Mas, ao chegar no casarão, o jovem se depara com o misterioso quarto de seu falecido avô, agora mantido fechado, e tratado como espaço proibido. As restrições com relação ao aposento, as sensações e barulhos no meio da noite logo alimentam nele a suspeita de que algo terrível habita o local. Tomado por uma estranha coragem e desejo de ver-se finalmente livre do medo, tudo que o rapaz deseja é descobrir o que há por trás daquela porta. Então, o pesadelo toma novo impulso quando a figura sombria da infância mostra-se real novamente. Mas, desta vez, ela quer atacar o seu irmão mais novo. Determinado a impedir que o caçula passe por terror semelhante, Tiago, mesmo apavorado, decide enfrentar a criatura. E o que descobre expõe terríveis segredos do passado que ninguém poderia imaginar.



Resenha da Blogueira


Nem sempre o que você vê por trás de uma porta é um bicho, pode ser uma simples blusa pendurada ou também pode ser algo que vai te atormentar eternamente.
Começo essa resenha faltando palavras para dizer todas as emoções que o livro me trouxe.

Nesse livro vamos conhecer Tiago,  um garoto de 16 anos que teve sua infância roubada e cercada de medos após se deparar com uma criatura horrenda. Com a mente traumatizada,  Tiago foi obrigado a fazer terapia pois, a mãe acreditava que era um delírio dele e a avó jurava que era uma birra de um garoto que faltou um pulso mais firme.
O livro é cheio de reviravoltas e deixa o leitor preso a cada página, só querendo saber o que vai acontecer quando Tiago ficar frente a frente com seu pior pesadelo.
O desenrolar da trama é surpreendente, tanto que o autor vai deixando nos deixando presos à leitura, como se tivesse em uma teia de aranha não vendo como escapar até concluir a história. E gente,  preciso falar! Que final foi aquele?😱😱 Tipo, eu nunca imaginava um final assim, tanto que eu fiquei rindo feito uma doida e com vontade de grudar no pescoço do autor. (rs), mas não porque o livro é ruim, muito pelo contrário, o livro é tão bom que eu queria mais e mais dessa leitura, que foi tão prazerosa e que deixou minha tarde maravilhosa.
Esse é o primeiro livro do autor que eu leio e já quero me arriscar em ler os outros, pois a escrita do mesmo é muito envolvente. 
Leitura concluída e mais que indicada! E já digo: Ele merece um belo de um debate!

RESENHA LUNÁTICA: ETERNIDADE

Livro: A Eternidade
Autora Letícia P.S
Editora Coerência
Resenha por Feh Seixas


Sinopse

Taylor Harper só queria ser normal, mas ela era uma Vampira Branca, com o poder sobre o elemento fogo, herdeira de uma Profecia e a única capaz de matar o Vampiro das Sombras, o mais poderoso vampiro que já andou sobre a terra. Desde que abrira os olhos pela primeira vez, Taylor soube que sua vida não seria nada fácil. Nascida em meio a uma guerra na qual os vampiros de sua espécie eram forçados a fugir e se esconder, esquecendo até mesmo como usar a sua magia interior como arma, Taylor acaba se vendo dividida entre salvar aqueles que ama e salvar o mundo inteiro.




Resenha da Blogueira



Sou suspeita para falar sobre temática livro, porque amo Fantasia.
 O livro aborda temas com vampiros , lobisomem , bruxas , profecias. A história central é sobre Taylor , uma Vampira Branca,nascida no dia de uma profecia. Ela perde família , namorado e a mãe está nas mãos do Vampiro da Sombras, que é quem mais teme que essa profecia se cumpra.

Taylor fica dividida por 10 anos sobre o que realmente deve fazer: salvar a mãe ou os amigos ou todo mundo. Taylor é forte, mas se prende ao pacto que fez. Acha que está decidida realmente para cumprir , porém decidi lutar tentando salvar todos.  Cara sofri lendo kkk. Mas me prendeu muito e todo o tempo ficava torcendo para que conseguissem vencer.  O livro tem continuação e estou no chão porque necessito saber do desfecho, rs. 
A Adaga de Edwan - eternidade , é um livro que indico muito pra quem curte fantasia. A história é envolvente e te causa ansiedade , aflição e cada parte da história te prende mais e mais. Enfim, leiam , mas lembrem:  tem continuação, kkk.




terça-feira, 3 de julho de 2018

RESENHA LUNÁTICA - UM CONDE PARA MINHA AMIGA


LIVRO: UM CONDE PARA MIN HA AMIGA
AUTORA TÂNIA PICON
EDITORA PORTAL
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

SINOPSE



Violet Melbory, que não acredita ter atrativos suficientes para arranjar um pretendente para si mesma, inicia a temporada, bem como sua apresentação social, mais preocupada em arranjar um bom partido para uma de suas melhores amigas. Pois Sophie Valdere sofreu uma decepção amorosa e Violet deseja ver um sorriso de volta ao rosto da amiga. Ela só precisa agora encontrar um pretendente adequado... Um que seja rico e de boa família, para que os pais de Sophie aprovem, e bonito. O que, talvez, não seja assim tão fácil...
Quando de repente Violet se depara com um cavalheiro que se enquadra em todos os quesitos, descobre também que ele tem um apetite insaciável, então resolve se aproximar dele usando um trunfo que tem. Violet faz, em segredo, biscoitos. 
O problema é que nem sempre as coisas ocorrem da maneira como a gente espera e, entre biscoitos, talvez Violet descubra que não é tão sem atrativos assim. E que ser bela como suas irmãs e amigas não é assim tão fundamental para se encontrar um final feliz.  

*Nova revisão em 08.03.18. Livro físico pela Editora Portal.

O conto é o primeiro de uma trilogia que conta as histórias das amigas Violet (Um conde para minha amiga), Emma (A bela e o duque - segundo) e Sophie (A filha do Marquês- terceiro).

O conto também é o primeiro da Trilogia Casamenteiras, que conta a história de três gerações de mulheres e a relação de cada uma delas com o amor. As histórias podem ser lidas separadamente. Livro seguinte: Cativo de uma condessa - de Katherine Salles. Terceiro livro, em breve, Nas asas de uma condessa - de Naiara Aimeé

RESENHA DA BLOGUEIRA

Simplesmente amei esse livro!

Violet Melbory me ganhou na primeira página. Tão insegura e sempre se achando sem graça, que nunca nenhum homem a escolheria por não ter olhos e cabelos claros, quanta tolice. Com seu jeito único que nenhuma outra jovem possuía, ela conquistou aquele que até então ela achou que seria perfeito para sua amiga Sophie. Thomas sempre se sentiu deslocado, até um título de Conde surgir, agora ele teria  que casar para honrar seu título e gerar herdeiros, mas todas as moças eram tão comuns, sempre se jogavam aos seus pés. Assim que comeu o primeiro biscoito de Violet, sabia que aquilo era algo a mais que amizade, ele queria a paz que sentia em cada mordida para sua vida inteira e a única que poderia tornar isso real, era aquela que criava cada receita especial.
Um livro fofo, mas com lições de vida que realmente fazem refletir sobre muitas coisas. A autora soube aproveitar cada página e enriquecer toda a trama com personagens singulares, personagens que cativam o leitor do começo ao fim. Posso dizer com toda certeza que foi o melhor livro do ano de 2018 até agora, pois um livro com apenas 96 páginas soube transmitir muito a sua essência, do que livros de 500 páginas. Acho que levei uma hora e meia de leitura, mas cada minuto valeu a pena.

Super recomendo!

Ps: Segue uma receita de biscoito. Rsrs

Receita biscoito lunático:
1 xícara de farinha de trigo
½ xícara de açúcar
½ xícara de margarina

Modo de preparo: 

Coloque todos os ingredientes numa vasilha e misture com as mãos até formar uma massa homogênea, faça formato dos biscoitos a sua escolha e coloque para assar num tabuleiro com o forno em 180°.

Quando ficar dourados retire do forno, espere esfriar e finja que está comendo os famosos biscoitos da Violet.kkkk

RESENHA LUNÁTICA: BORBOLETAS NA JANELA


LIVRO: BORBOLETAS NA JANELA
AUTORA SINÉIA RANGEL
EDITORA COERÊNCIA
RESENHA POR VANIA FREIRE

SINOPSE

Miguel Barcellar não esperava que o passado fosse invadir seu escritório, vestindo uma saia lápis, saltos Luiz XV, batom carmim e com um segredo que mudaria a sua vida. Há cinco anos ele se tornou pai. Em alguma parte do mundo, havia um filho que ele nunca conheceu, um garoto que foi entregue para adoção logo após o nascimento. Leon cresceu entre abrigos e lares temporários, até que conheceu Elena. Com histórias de vidas parecidas, foi criado um vínculo de irmãos e uma promessa: nunca abandonariam ao outro. E quando essa promessa parece impossível de ser mantida, o destino faz a sua mágica. Pais e filho se encontram. Uma família conta a sua história. E as borboletas voam.


RESENHA DA BLOGUEIRA

Logo de início vou dar um alerta!
 Antes de começar a ler esse livro, inspire profundamente e se prepare para ser arrebatado por diversas emoções. 
Ah, já ia me esquecendo, leia com um lenço ao seu lado...
Em Borboleta na Janela, Sinéia Rangel consegue transbordar sensibilidade a cada página. Com uma escrita clara, delicada e envolta em uma profundidade e riqueza de detalhes que te comove e encanta. Uma diagramação linda e encantadora. O livro me emocionou de tal forma que por diversas vezes, tive que pausar a leitura e respirar fundo antes de continuar.

Logo no prólogo Borboletas te prende com uma linda, singela e ao mesmo tempo profunda amizade entre Leon e Elena...  

“ Não a aguento no colo, portando só sirvo de apoio”

Mas olha, nesse momento eu pensei: Ah, já saquei o livro todo... Ledo engano. 

A história, literalmente, estava apenas começando, logo em seguida somos apresentados a Miguel, Laura e ao seu passado que invade seu escritório de salto alto, exalando sensualidade e aos poucos a história começa a tomar outro rumo que te prende , te segura e te faz devorar cada página, com o coração na mão e olhos rasos de água.

Borboleta fala de amor, da forma mais nua, crua e desprendida de amar.

“Sinto meu estomago doer e, apesar da fome, sei que não é esse o motivo, é uma dor diferente, um vazio diferente maior e mais profundo”

Em Borboletas vimos que há laços mais fortes, que laços sanguíneos. Acompanhamos a luta de um pai para conquistar um filho, que ele descobriu a existência tardiamente e o amor de uma mulher que o amou, apesar de todas as adversidades encontradas, amou Miguel e lutou por ele e sua família.

 Acompanhamos o crescimento de Leon, um menino que apesar da pouca idade já foi muito maltratado pela vida e por fim não menos importante Elena...

Ah Elena, essa pequena e encantadora menina vai te fazer debulhar em lágrimas.

Super recomendo! Um livro lindo e emocionante.


LIVRO: SEDA, CORRENTES E CHOCOLATES
AUTORA MARITZA LEARDINI
EDITORA AUTOGRAFIA
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ


SINOPSE


Izadora Lopes é uma elegante arquiteta divorciada proprietária do pequeno escritório situado no pitoresco bairro de Mury na região serrana do Rio de Janeiro.Alexsandro Proust um rico e belo empresário solteiro do ramo da marcenaria de família francesa com filiais de sua empresa no Rio de Janeiro, Buenos Aires, Lisboa e Nice na França.
O destino tratará de unir este casal. Ele, um sádico na arte do sexo que não consegue ter seu coração domesticado por nenhuma mulher, frequentador de luxuosas casas de suingue e festas particulares. Ela, uma bela jovem romântica, porém, já com algumas decepções no campo amoroso, praticante e exímia bailarina de dança do ventre nas horas vagas, acostumada com palcos, coxias,camarins, bastidores e concursos de dança, sua grand
e paixão.Juntos viverão momentos tórridos de luxúria, ciúme, voyeurismo, sadismo e muito amor norteados por belas viagens e muito chocolate.Alex apresentará à Iza um mundo pouco conhecido, porém extremamente excitante para Izadora.Apesar de Alexsandro gostar da arte do voyeurismo, ele não consegue aceitar que Izadora se apresente como bailarina de dança do ventre em eventos familiares.Além disso, os momentos de paixão do casal serão ameaçados por Victória Breder, ex-amante, submissa e secretária braço direito de Alexsandro Proust em sua filial do Rio de Janeiro. Vicky fará de tudo para sordidamente separar Alex de Izadora, pois Victória sabe que Alex nutre por ela alguns desejos secretos ainda não realizados. 


RESENHA DA BLOGUEIRA

Izadora tem o trabalho dos sonhos, e é uma mãe divorciada, porém nunca encontrou seu príncipe encantado, até conhecer o excêntrico Alexsandro Proust, com um jeito observador, ela não sabe as reais intenções dele. Com muitas amarras, chicotes e submissão ao extremo, ele não só irá chocar Iza, mas também a cada página, o leitor se sente assustado com o nível de submissão que uma pessoa consegue chegar em nome do amor. Bem diferente dos outros livros que abordam o BDSM , Seda, Correntes e Chocolate consegue nos mostrar uma realidade bem diferente. Em todo o livro fiquei me questionando até que ponto uma pessoa consegue se entregar e se sujeitar a tais tratamentos físicos e psicológicos, pois o Alex consegue a submissão de Iza ao extremo.


" Não é minha praia, mas por Alex  não me custa nada. Eu  preferiria estar chupando um grosso pau engasgando minha goela, mas enfim. Vamos que vamos. É  apenas sexo."


 A autora conseguiu conduzir a trama de forma que o leitor se sentisse muitas vezes na pele da personagem, muitos momentos me deu revolta em como Alex a tratava, ela sempre pronta para mais uma submissão e deixar seu amado satisfeito.
Pelo visto teremos o livro dois e muito mais jogo psicológico e sexual.
Para quem gosta do tema e tem uma mente bem aberta a submissão e sadismo, esse é o livro!