quarta-feira, 16 de maio de 2018

RESENHA LUNÁTICA - GAROTA DE COPACABANA


LIVRO: GAROTA DE COPACABANA
AUTORA BARBARA RICCH
EDITORA 3DEA 
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

SINOPSE

Alícia é uma excelente advogada e mulher determinada, que divide sua vida entre a paixão pelo balé clássico e o exercício da profissão. Solteira por escolha própria, tem o seu mundo certinho revirado ao conhecer um misterioso homem durante o Carnaval do Rio de Janeiro. Alícia vive o lema “sem envolvimento, sem sentimento” e não gosta de misturar emoções e trabalho. Até reencontrar o tal estranho e descobrir que ele é seu novo chefe. Enrico é italiano e vive no Brasil a trabalho. Típico bonitão, reservado e inteligente, não se engaja em relacionamentos sérios por conta de traumas do passado. Com problemas de visto, viu em sua nova funcionária uma saída. Achando que nunca se envolveria emocionalmente com Alícia, propõe um acordo benéfico para ambos. Prestes a perder o seu apartamento e sem dinheiro para quitar a dívida, Alícia aceita, mas descobre-se apaixonada por um homem lindo e incrível, com segredos que o impedem de ser feliz. Enrico também não é alheio à sua esposa, e todos os seus medos vêm à tona ao conviver com uma mulher forte, diferente de todas que já conheceu.

Venda Amazon: https://goo.gl/YXXyN5


RESENHA DA BLOGUEIRA

Uma trama com personagens singulares....

Lorenzo tinha tudo aos seus pés no Brasil, porém seu visto tinha data para acabar, agora era hora de correr atrás de uma noiva e garantir sua estada no Brasil por tempo indeterminado. Alícia advogada super competente do grupo Milani, se via num dilema: perder seu apartamento ou se casar com aquele safado que conheceu no carnaval, que para sua surpresa era também seu novo chefe.

Num romance de gato e rato, Lorenzo se mostrava possessivo ao extremo, mesmo jurando  que não iria amar mais ninguém em sua vida devido aos traumas do passado, se via rendido aos encantos de Alícia, que sempre soube o que queria de sua vida. Para ela ter sua independência era de suma importância e seu amor por Lorenzo sempre a colocando seus sentimentos em dúvida devido aos muitos mistérios do passado de seu amado.

Numa trama intensa e cheia de suspenses, a autora faz com que o leitor ame e odeie os personagens, faz os personagens secundários serem tão importantes quanto aos principais. Abordando temas complexos, fazendo com que a leitura se torne interessante do começo ao fim. E falando em final, que final foi aquele? Eu até falei pra autora que só iria ler o livro quando tivesse os outros publicados e agora aqui estou eu morrendo de curiosidades com os futuros acontecimentos da sequência da Garota de Copacabana.