quarta-feira, 21 de março de 2018

RESENHA LUNÁTICA - AMOR EM MANHATTAN


LIVRO: AMOR EM MANHATTAN
AUTORA SARAH MORGAN
EDITORA HARLEQUIN -  JAN/2018
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

SINOPSE

Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um felizes para sempre? O primeiro livro da série para "Nova York, com amor" traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.



RESENHA DA BLOGUEIRA



Amor em Manhattan, um livro que te prende do começo ao fim, com um trio de amigas que  faz você querer ser parte de uma amizade tão leal.

Eva, sempre doce e delicada, vê bondade em tudo e todos, ama um romance.

Frankie, de delicada não tem nada, é desconfiada de tudo, porém mata um por suas amigas.

Paige é a cabeça, o alicerce dessa amizade, é aquela que se cobra demais e odeia que a protejam, com um passado que sempre se vivia com a vida por um fio, sua família ficou com um medo eterno dela se machucar. 

" Às vezes, ilha, ela tinha a impressão de que todos tentavam fazer papel de pai e mãe."

Ela sempre foi apaixonada por Jack, mas ele não queria nada com ela. Ele é o tipo de pega, mas não se apega, porém Paige sabia que nunca iria ter ele para ela. Mas com uma revolução na vida profissional das amigas, o Jack passou a ficar mais perto, e isso era um risco para seu controle de anos.

Ela queria o mundo e um amor pra vida. Ele se deixou entregar, mas admitir isso nunca fez parte de seus planos.
" Havia apenas os dois e as luzes cintilantes de Manhattan."

Um romance de encantar quem lê, como uma narrativa divertida, o narrador faz o leitor indagar  as atitudes dos personagens, faz o leitor vibrar com a conquista e amadurecimento de cada um deles. A autora foi muito feliz na estruturação da trama, com uma leitura dinâmica e descontraída. Só achei que o final foi um pouco corrido e que os outros personagens ficaram sem um desfecho. Teremos outros livros? Estou torcendo para que sim!


Amei demais o livro como um todo. Super recomendo a leitura!