segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - DELÍCIA, DELÍCIA


LIVRO: DELÍCIA, DELÍCIA
AUTORA DONNA KAUFFMAN
EDITORA VALENTINA
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE

Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como “Chef Hot Cakes”, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes By The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Leilani Trusdale veio para a remota ilha de Sugarberry com a desculpa de ficar mais próxima do seu pai, mas a verdade, é que ela estava fugindo da paixonite que tinha pelo seu lindo chefe.

Baxter Dunne, dono do restaurante Gateau em Nova York, um chef renomado e com um programa de TV que é sucesso mundial: Hot Cakes.

Um sentimento que começou em uma cozinha de Nova York e foi deixado pra trás por Leilane, quando ela viu que a sua ida a sua antiga cidade, a pequena ilha de Sugaberry, era o que precisava para esquecer a paixão pelo chefe, então decidiu abrir a sua confeitaria, a Cakes By The Cup.
O que ela não esperava era que o ex-chefe fosse aparecer, não só usando a sua cozinha e a ter como ajudante, mas a ter como a sua mulher. 
Surpresa por esses acontecimentos, vemos muito que Leilane luta para manter o seu lado racional a frente de toda a situação em que ela se vê atrelada.
Será que o desejo pode ser contido?
Pode se mascarar todos os seus sentimentos pelo Baxter?
Um romance movido a muito açúcar, cremes, vinhos, pães e muitas noites intensas de boloterapia.

RESENHA LUNÁTICA - A GAROTA DO LAGO



LIVRO: GAROTA DO LAGO
AUTOR CHARLEI DONLEA
FARO EDITORIAL
RESENHA POR CAROL MIRANDA

SINOPSE

Summit Lake, uma pequena cidade entre montanhas, é esse tipo de lugar, bucólico e com encantadoras casas dispostas à beira de um longo trecho de água intocada. Duas semanas atrás, a estudante de direito Becca Eckersley foi brutalmente assassinada em uma dessas casas. Filha de um poderoso advogado, Becca estava no auge de sua vida. Atraída Instintivamente pela notícia, a repórter Kelsey Castle vai até a cidade para investigar o caso. ...E Logo Se Estabelece Uma Conexão Íntima Quando Um Vivo Caminha Nas Mesmas Pegadas Dos Mortos...E enquanto descobre sobre as amizades de Becca, sua vida amorosa e os segredos que ela guardava, a repórter fica cada vez mais convencida de que a verdade sobre o que aconteceu com Becca pode ser a chave para superar as marcas sombrias de seu próprio passado.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Na pacata cidade de Summit Lake, todos estão em pólvoras após um assassinato brutal contra uma jovem estudante de direito, o que intriga mais ainda a população, é que a Polícia não informa nada e assim várias pessoas vão criando suas teorias com base nas fofocas que ouvem em um café da pequena cidade. Até que Kelsey Castle uma famosa repórter investigativa é designada para cobrir o assassinato de Becca. 
A narrativa se dá entre meses antes da morte de Becca e o que ela fez nesse tempo, e sobre Kelsey, que começa a juntar às peças desse quebra cabeça, desvendando passo à passo.

Quando leio um livro de suspense, tenho costume de me achar alguma policial e fico juntando as peças e quase sempre acerto o assassino no início da história. Apesar de ter visto algumas pessoas comentando que não tinha desvendado quem era e que levou um choque. Um mínimo detalhe que  pesquisei já fez com que eu matasse a charada. Mas nem por isso a história perdeu a emoção, no meu caso, pois queria descobrir como e o porquê do assassino ter feito aquilo.

Esse livro foi meu primeiro contato com o autor Charlie Donlea e fiquei muito feliz, pois me surpreendeu positivamente. A leitura em nenhum momento caiu na mesmice e mantém o seu foco de deixar o leitor preso a cada página.

Teve algumas coisas no decorrer da trama que não foi respondida e  confesso que esse ponto me deixou decepcionada, como quem estava tentando manter esse caso em sigilo e o porquê, mas apesar disso foi uma prazerosa leitura e estou bem ansiosa para ler os próximos livros do autor.

RESENHA LUNÁTICA - OUTRA CHANCE PARA O AMOR


LIVRO: OUTRA CHANCE PARA O AMOR
AUTORA ALE SILVA
EBOOK AMAZON
RESENHA POR FEH SEIXA

SINOPSE

Amanda vê seu casamento desmoronando a cada dia e não tem mais forças para lutar sozinha e tentar reverter essa situação. Os únicos momentos de alegria que tem são ao lado de sua filha. As suspeitas de traições e constantes brigas com o marido a fazem tomar as rédeas de sua vida e tentar um recomeço. Ela só não contava que nessa construção de uma nova vida fosse conhecer alguém capaz de mexer com todos os seus sentidos como ninguém mais conseguiu. 
Guilherme vive cercado por belas mulheres e está cansado de pessoas que pensam mais no corpo do que em qualquer outra coisa. Sua vida é administrar a academia onde é sócio com uma de suas irmãs e curtir a família. Depois de uma grande decepção que teve no passado não pretende se envolver com mais ninguém. Mas essa decisão vai por terra quando conhece Amanda. Por mais que tente, ele não consegue tirá-la da cabeça. Nem mesmo o fato de saber que ela é casada, faz com que ele consiga esquecê-la.
Duas pessoas machucadas e o destino se encarregando de juntá-las. Será que eles darão outra chance para o amor?


RESENHA DA BLOGUEIRA

Quanto você suportaria por amor?

Amanda, uma mulher que vive uma vida de mentira para não decepcionar a filha que ela coloca em primeiro lugar, tenta ser a esposa que o marido idealiza. 
Guilherme, um homem decidido, companheiro, alto astral, mesmo sendo tão feliz tenta esconder suas inseguranças.

O desenrolar do livro é sobre as dificuldades de um casamento fadado ao fracasso, mostrando as inúmeras chances que a protagonista dá ao marido e se anulando no processo.

O casal começa uma amizade importante para que Amanda consiga tomar suas decisões, a história retrata infelizmente muito a realidade de alguns casamentos, onde somente a mulher precisa abrir mão de seus sonhos e objetivos, enquanto o homem se acha o soberano e dono de tudo já que provê a casa.

O Gui é apaixonante, forte e toma conta da mãe e filha, nessa confusão toda, a pequena Duda sofre com a indiferença do pai. Mesmo sendo um homem maravilhoso e  tem seus defeitos. E vou dizer... O ciúmes e as inseguranças dele me irritaram.

Estou curiosa pelo spin-off, a irmã do Guilherme já deixou claro a mensagem que não abaixa a cabeça para homem nenhum, prometendo muitas emoções.

sábado, 1 de dezembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - MENINA BOA MENINA MÁ


LIVRO: MENINA BOA MENINA MÁ
AUTORA ALI LAND
EDITORA RECORD
RESENHA POR CAROL MIRANDA

SINOPSE:

Os corações das crianças pequenas são órgãos delicados. Um começo cruel neste mundo pode moldá-los de maneiras estranhas Nome novo. Família nova. Eu. Nova. Em folha. A mãe de Annie é uma assassina em série. Um dia, Annie a denuncia para a polícia e ela é presa. Mas longe dos olhos não é longe da cabeça. Os segredos de seu passado não a deixam dormir, mesmo Annie fazendo parte agora de uma nova família e atendendo por um novo nome Milly. Enquanto um grupo de especialistas prepara Milly para enfrentar a mãe no tribunal, ela precisa confrontar seu passado. E recomeçar. Com certeza, a partir de agora vai poder ser quem quiser... Mas a mãe de Milly é uma assassina em série. E quem sai aos seus não degenera...


RESENHA DA BLOGUEIRA

Pode o nosso coração ser moldado pela pessoa que convivemos? Podemos ser igual aquilo que mais odiamos ou será que podemos ser melhores?

Neste  livro vamos conhecer Annie/Milly, uma menina que tem uma mãe psicopata, que usa a filha e todos ao seu redor para os seus jogos no playground,  um quarto onde tranca crianças para fazer o que quiser. Além de usar as crianças, sua filha também é usada de formas horríveis. Annie decide dar um fim nisso e mesmo com todo o terror psicológico, ela vai à delegacia quando consegue uma brecha e se vê finalmente livre daquela que deveria cuidar e protegê-la,  mas que a violou de várias maneiras.
A trama começa a desenrolar quando Milly vai morar com a família de Mike, um psicólogo que quer ajudar essa criança a qualquer custo, mas Milly tem um apego emocional rápido com as pessoas, que se torna compreensível para quem nunca teve amor.
 Comecei a mudar o um pouco minhas leituras e confesso que estou a cada dia mais encantada com cada livro novo que pego para ler.  Os livros de suspense com um thriller estão sendo os meus favoritos, pois estão me deixando fascinada a cada página com o desenrolar da história. 
E gente, que história foi essa? Algumas  coisas foram até que previsíveis ao meu ver e outras nem tanto, mas mesmo revelando alguns fatos antes da hora não fez com que eu perdesse o interesse, muito pelo contrário,  queria chegar ao final logo para descobrir o que ia acontecer.
Tenho que aplaudir a autora pela forma que conduziu tudo.
Para quem gosta desse gênero, pode adicionar ao topo da sua lista de livros. Essa história totalmente instigante com segredos bem sombrios, que vão sendo revelados aos poucos. 
Termino essa leitura e super indico, pois nem tudo é o que parece ser e nem sempre uma história é cem por cento verdade ou mentira e um psicopata sabe usar muito bem isso para te confundir e te ludibriar.

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - AMIGOS PARA A VIDA



RESENHA: AMIGOS PARA A VIDA
AUTOR: ANDREW NORRISS
EDITORA: VALENTINA
RESENHA POR CAROL MIRANDO

SINOPSE:
Francis não tem amigos. Ele sofre bullying porque é diferente. Em casa, vive trancado no sótão, onde tem uma fabulosa coleção de bonecas vestidas com roupas que ele mesmo cria. Adora moda e pediu de aniversário uma máquina de costura.Um certo dia na escola, na hora do intervalo, Francis vai se sentar num banco, no lado mais afastado do pátio, porque prefere a solidão a ser zoado.Mas nesse dia, sentindo-se triste, ele vê alguém atravessar o gramado na sua direção. É uma menina de mais ou menos a sua idade, embora não a reconheça como aluna da escola. Ela se senta na outra ponta do banco, em silêncio.Francis fica curioso. E então lhe estende a sua caneca de chá. A menina olha para ele, surpresa e chocada. Afinal, ela é um fantasma, chama-se Jessica, e Francis é a primeira pessoa que consegue vê-la desde que ela morreu.Entre os dois surgirá uma amizade extraordinária e transformadora.Amigos para a vida é uma delicada história de amizade – e seu poder transformador – entre quatro adolescentes fora dos padrões dominantes, celebra o direito de ser diferente e é leitura obrigatória para todos que combatem o bullying. Um livro divertido, corajoso e genuinamente emocionante.

RESENHA DA BLOGUEIRA
Um livro que olhando pela capa pensamos em uma história linda, fofa e cor de rosa, mas você não imagina a lição que aquela história vai trazer para sua vida.

Nesse livro vamos conhecer de início Francis, um garoto diferente, que ama criar looks e dar vida à eles com a sua máquina de costura. Por ser diferente ele se torna motivo de chacota e fica sempre com medo de mais pessoas saberem do seu hobby e zombarem dele, e por isso ele vai se excluindo aos poucos. Até que ele conhece Jéssica ou no caso, a fantasma Jessica, que fica muito feliz ao perceber que enfim, alguém pode vê-la e falar com ela.

A trama começa a se construir à partir desse ponto, e assim vai entrando novos personagens como a Andi, mais conhecida como Arma (abreviação de Armagedon) uma menina que adora esportes e que não é muito delicada, Roland, e por fim Lorna. Cada um dos jovens sofre um tipo de bullying e lida com a situação de uma forma. O que foi maravilhoso no meu ponto de vista, pois o leitor acaba entendendo que cada pessoa é única e vai reagir de uma maneira.

Amigos para vida foi um livro que me emocionou em diversos trechos e me fez parar e pensar, pois hoje em dia postamos constantemente mensagens automáticas sobre bullying, depressão e outros assuntos, mas não fazemos nada para mudar isso, seja conversando com um amigo, um colega ou um desconhecido. Estamos sempre tão presos em nossos problemas que parece que a nossa dor é maior que a do outro e esse livro mostra que quem quer pode sim fazer a diferença.

Eu aconselho esse livro para ser lido por crianças a partir de 11 anos e à adultos, pois eu acho que se começarmos a mostrar para uma criança desde cedo o problema que é o bullying e a depressão dificilmente ele vai se tornar aquela pessoa que vai caçoar de um colega ou tentar diminuir alguém, e aí vem a questão de incentivo desde novo, pois uma criança que começa a ler desde cedo vai se tornar um adulto muito mais consciente.

Bom gente,  não querendo me estender até para não dar spoiler, eu encerro aqui minha resenha, mas fazendo um apelo: Leiam sim essa história e apresente esse livro para mais pessoas, pois ele, com toda certeza, vai te encantar a cada página e a encantar também a todos. 

E para quem ainda não viu, eu gravei um vídeo e está no meu story falando um pouco mais da história e a importância deste assunto que é muito sério e para que as pessoas possam dar uma chance e lê-lo.

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - DEVASTAÇÃO PARTE III


LIVRO: DEVASTAÇÃO - PARTE III
AUTORA M.J. HAAG
EDITORA 3DEA
RESENHA POR ELZA SANTOS


SINOPSE

Tudo mudou...
Abusada e rejeitada, Benella se esforça para encontrar um propósito para a sua vida que não envolva a fera. No entanto, quando seu pai perde o emprego, ela encontra-se voltando para o último lugar que gostaria.

Não mais uma fera...
Alec, Senhor do Norte, é homem novamente, um homem que Benella não conhece e nem entende. Enquanto ela luta para reconciliar o homem frio e distante com a fera que conheceu. Benella também aprenderá quando é certo perdoar e quando é hora de seguir em frente.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Quando Benela consegue desvendar o feitiço que aprisionava a fera, uma infinidade de acontecimentos dolorosos passam a ser vividos, e ela se sente traída e sozinha.
A temível  fera se chama Alec, senhor do Norte. Um homem tentando  lidar com os erros do passado.
Agora Benella volta ao castelo para trabalhar ao lado do pai, mesmo ele  estando ao lado de Alec  para fazer a propriedade prosperar e a cidade finalmente voltar a ter vida.
Uma batalha árdua entre a mente e o coração tornará os dias de Benella cheios de dúvidas e receios.
Um final excelente fecha essa trilogia,que me deixou em êxtase.

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - ENTRE O AMOR E O SACRIFÍCIO


LIVRO: ENTRE O AMOR E O SACRIFÍCIO
AUTORA: GISELE DE ASSIS
RESENHA POR CAROL MIRANDA


SINOPSE

Kate Miler não era exatamente uma jovem normal. Ela era uma garota solitária que se sentia estranha e diferente. Havia sido misteriosamente abandonada em um orfanato quando era um bebê prematuro, com poucas chances de sobrevivência.
Se não bastasse ter a capacidade de presenciar criaturas perversas e entidades demoníacas, sofria constantes pesadelos inexplicáveis que, sempre a levavam à morte. Filha adotiva de um jovem casal, eles se mudavam constantemente, no entanto, Kate sabia que esta era só uma desculpa para fugirem novamente de uma cidade para outra, ela só não sabia a razão pela qual os pais mentiam. 
Aliás, essa seria a sua terceira adoção, pois, suas famílias antecedentes haviam sido brutalmente assassinadas, enquanto Kate ainda era criança e por algum mistério, só ela havia sobrevivido, mesmo estando presente em meio aos ataques. 
Aos dezenove anos, em uma nova cidade, ela conhece um grupo de jovens misteriosos com poderes sobrenaturais que são responsáveis a desempenharem estranhas e secretas missões, entre eles, está um rapaz bonito e ardiloso que vive confrontando-a e não larga do pé dela. Mesmo seduzida pelo seu sorriso cativante e sentindo uma forte conexão por ele, Kate tenta afastá-lo de diversas maneiras, porém, não consegue evitá-lo e uma atração inevitável surge entre os dois.
Cansada de fugir e sentir medo, ela decide embarcar em uma jornada em busca da verdade, contando com a ajuda de seus novos amigos, para descobrirem quem, e o que, realmente ela é. Kate só não imagina que por traz de todo este mistério que envolve a sua vida, existe uma disputa entre seres sobrenaturais do mais alto escalão que habitam mundos místicos e desconhecidos pela raça humana, e que a recompensa dessa batalha a ser conquistada seria nada menos do que ela.

Não perca os outros dois volumes da série Guardiões de Orfheus!
"Entre a Promessa e o Destino" - Livro 2
"Entre a Esperança e a Justiça" - Livro 3 e Último Volume da Série!

Os livros físicos estão à venda no site oficial:
http://giseledeassis.com.br


RESENHA DA BLOGUEIRA

Uma história incrível, recheada de suspense e muita emoção.
Nesse livro vamos conhecer Kate, que foi abandonada em um orfanato e quando pequena viu as pessoas que a adotaram serem mortas por criaturas que apenas ela via. Até que com sua nova família, sempre mudando de cidade, ela acaba parando em uma faculdade que possui os guardiões (seres designados por Deus para cuidar da humanidade), e então ela conhece Jaike, um guardião lindo e arrogante, que tenta a todo custo se aproximar da garota para tentar desvendar sua  áurea, mas que fracassa constantemente.
Esse livro foi uma grata surpresa,  sou apaixonada por livros de fantasia e a autora soube dosar tudo muito bem. A história tem suspense, drama,ação, romance, e claro, um toque de comédia.
Os personagens secundários dão o toque a mais na trama. Adorei cada um!
E o melhor de tudo, é que a autora mostra como cada um reagiu ou reage após um conflito. Um personagem que gostei muito foi Gabriel, que mesmo renegando seu povo após uma perda, se manteve fiel a amizade de Jaike.
Um livro completo e cheio de aventuras, sendo  impossível querer largar até concluí-lo. Foi uma leitura muito prazerosa e super envolvente.
Foi a primeira vez que li um livro da Autora e estou muito contente em ter dado uma oportunidade ao mesmo.
Leitura concluída e mais que indicada.

sábado, 17 de novembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - VEKI - O INÍCIO DAS TRIBULAÇÕES


LIVRO: VEKI - O INÍCIO DAS TRIBULAÇÕES
AUTOR EDUARDO R. COSTA
EDITORA AUTOGRAFIA
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ
ASSESSORIA DO AUTOR: ASPAS E VÍRGULAS

SINOPSE

Quando nos equivocamos em nossas decisões podemos angariar inimigos. E, é certo que um dia nos reencontramos. E, é certo que um dia nos reencontramos. “O mal está chegando ao seu ápice neste orbe (...). Em breve veremos os efeitos disso em todos os planos e dimensões próximas a nós. Por isso, precisamos encontrar o foco principal dessa energia. E só você pode nos guiar até ela”. No segundo livro da série VEKI, Ricardo trava uma batalha contra um antigo inimigo. Batalha que marca o início das tribulações na Terra. “Abaixo de nós, Ghob comandava uma centena de Elementais da Terra. Imperceptíveis e inocentes, faziam sem prever os futuros acontecimentos, o que eu os convenci com a mentira de uma desinteressada amizade”. É conhecido o passado de Ricardo, suas ações pretéritas equivocadas que abalaram nosso mundo, e suas decisões presentes que, através da magia branca e com ajuda de seu mentor e de amigos Elementais, buscam novamente a harmonia nesse planeta e em todo o universo.


RESENHA DA BLOGUEIRA

Veki - O início das tribulações

Um livro que olhando a capa não podemos dizer muita coisa, mas com a leitura vemos que é o seguimento de uma trama já iniciada. Ricardo e seus amigos buscam uma transformação interior, enfrentando mistérios e medos contra um antigo inimigo.

“ Protetores estão sempre conosco nos orientando em nossas vidas mortais.”

Uma trama complexa fazendo o leitor tentar entender os personagens e o próprio autor de acordo com o desenrolar da trama. 

“ Desde que ele iniciou meus treinamentos, estudávamos e praticávamos muito o controle dos quatro principais  elementos da natureza: Terra, água, fogo e ar.”

O autor possui uma escrita rica e cheia de significados, fazendo o leitor ficar fascinado com os mundos paralelos e a batalha de seus personagens.

“ Entre meus pés, vi uma pequena planta. Com minúsculas flores lilases, ela crescia perseverante por dentro das pedras, abrindo seu caminho para vida.”

Será que finalmente eles estarão salvos?

Será que Ricardo conseguiria manter sua família protegida em meio a tantas tribulações?

Para quem curte distopia com uma escrita rica e envolvente super indico.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - AMOR AMARGO


LIVRO: AMOR AMARGO
EDITORA: GUTENBERG
AUTORA: JENNIFER BROWN
RESENHA POR CAROL MIRANDA

SINOPSE

Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado.
Até Cole aparecer.
Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade…
Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown – do sucesso A Lista Negra – nos leva até o limite de nossos sentimentos.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Que livro! 
E que história!

Nesse livro vamos conhecer Alex, que desde os 8 anos tem o sonho de ir ao Colorado para tentar descobrir o que a mãe estava indo fazer lá quando morreu.
E conheceremos também Cole que, a princípio, parece ser o cara perfeito, simpático, educado e amoroso, aquele cara que toda garota busca, mas que olhando de perto não é bem assim.

Esse livro com toda certeza foi um grande desafio. Muitas vezes me vi com o grito ou o choro entalado na garganta, sentindo vontade de entrar na história e só falar para a Alex: reage, sai dessa.

A autora aborda um tema polêmico que é a violência contra a mulher e o relacionamento abusivo, e mais que isso, ela mostra o porquê da vítima aceitar aquelas situações ou o porquê de não dar um basta na relação.

Além de tudo isso, também é abordado como a família e os amigos são importantes, no caso de Alex como os amigos são fundamentais, que às vezes uma palavra pode fazer a diferença e não se calar pode salvar uma vida.

Amor amargo é aquele livro que eu considero como leitura obrigatória. Ele é forte, destruidor e que vai descer amargo, mas que é necessário falar disso e como é importante, pois a cada 1 hora e meia, uma mulher é morta por isso. 

Esse livro com toda certeza vai ficar guardado na minha memória como uma lição, e que eu sempre vou pensar nele quando alguém me pedir uma dica de leitura.

Você seria capaz de abandonar uma pessoa que te trata como uma rainha em um dia e te bate em outro?

Será que é falta de amor se manter em um relacionamento abusivo?

Descubra nessa leitura recheada de suspense e super instigante, e que com toda a certeza vai para a lista dos favoritos.

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - CORTE DE NÉVOA E FÚRIA


LIVRO: CORTE DE NÉVOA E FÚRIA
AUTORA SARAH J. MAAS
EDITORA RECORD
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE

O esperado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro. 

Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Quando Feyre volta a corte primaveril descobre que seu amado Talim agora está nas mãos da temida Amarantha. 
Só a uma coisa a ser feita: ir atrás  do seu amor, porém ela não esperava  ser mais uma prisioneira de Amarantha.
Desafiada a provar o seu amor, e com isso salvar a corte primaveril ela aceita os desafios impostos a si por Amarantha.

Neste livro Rysh  entrará  totalmente na vida da Feyre, causando mudanças  que serão  para a vida toda, mostrando que  realmente as aparências  enganam. O que hoje parece  real e verdadeiro, pode ser apenas mais uma pegadinha do destino que já está  traçado  a mais de cinco mil anos.
Uma grande e emocionante viagem te espera neste segundo volume da saga,te prendendo e surpreendendo a maneira que flui a cada página. Os personagens  ganham vida mostrando o quanto pode ser cruel o passado e como é importante lutar pelo  sonho de um futuro pacífico .
 Esse  livro mostra a superação  de medos, a coragem de ir em busca  do que acredita ser o certo. O sonho de um mundo melhor nunca ficou tão próximo.

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - PÔR DO SOL NO CENTRAL PARK


LIVRO: PÔR DO SOL NO CENTRAL PARK
AUTORA SARAH MORGAN
EDITORA HARLEQUIN
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

SINOPSE

"Após o grande sucesso do livro Amor em Manhattan, Sarah Morgan retorna às livrarias brasileiras com este novo romance da série “Para Nova York, com amor”, que vai aquecer seu coração. Frankie Cole e suas duas melhores amigas inauguraram um novo negócio em Manhattan que está sendo um sucesso. Frankie é designer e ama trabalhar com paisagismo de jardins suspensos nos telhados dos arranha-céus da cidade. Entre amizades verdadeiras e um trabalho gratificante, ela tem tudo para ser feliz. Frankie nunca deu muita atenção às relações românticas, sempre preferindo focar em si e no trabalho. Ela e Matt, irmão de sua melhor amiga, se conhecem há anos, mas nunca tiveram nada além de amizade. Até que ele descobre novas coisas sobre a mulher que pensou conhecer tão bem, e decide que não quer passar mais nenhum dia longe dela. Matt sabe que Frankie se mantém segura por trás de sua barreira emocional, mas será fará de tudo para superar os bloqueios conquistá-la. "


RESENHA DA BLOGUEIRA

Pôr do sol no Central Park a autora aborda como Frankie tem bloqueios e inseguranças no quesito amor e casamento, mas Matt desde o primeiro livro já se mostrou interessado em quebrar todas essas barreiras. O livro mostra como o trio de amigas estão fazendo sucesso com a Gênio Urbano e que a cada dia está sendo mais próspera. A autora sabe separar e unificar o casal central e os personagens secundários, tornando uma trama leve e descontraída. O livro nos mostra que devemos combater nossos traumas e não ter medo de ser feliz, afinal o que aconteceu no passado em alguns casos, o ciclo precisa se fechar para finalmente ter o feliz para sempre, assim como Frankie e Matt.
Provavelmente teremos um terceiro livro falando do conto de fadas de Eva, a amiga que espera que o papai Noel responda sua carta com um bom homem que a faça feliz.

Super indico a leitura!

sábado, 3 de novembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA: ANTOLOGIA RENDENDO-SE POR UMA SOLTEIRONA

Resenha: Antologia Rendendo - se por uma Solteirona
Organizadora: Aline Damasceno
Editora: Portal

Sinopse:

Entre Brasil, França e Inglaterra, seis mulheres, consideradas velhas demais para arranjarem um bom casamento, desafiam a rigidez e os preconceitos que permearam diferentes épocas. Entre dissabores, estigmas, amizades, felicidades e amores interrompidos, às nossas heroínas solteironas nos mostram que nunca se é tarde demais para amar e ser feliz !

Se apaixone pelas adoráveis solteironas criadas por Nathalia Batista, Tânia Picon, Bruna Guerreiro, Caroline Salignac, Lis Wey e Fabi Prieto.


Resenha por Carol Miranda
Quem me conhece sabe que não sou muito fã de contos e sempre tive um preconceito por antologias, pois acreditava que sempre iria ficar com um gostinho de quero mais.

Essa antologia foi uma grata surpresa e os contos que mais gostei foram: Nunca é tarde para o primeiro beijo e Os Limites de uma dama.

Não conheço as autoras, mas gostaria muito que transformassem esses contos em um livro, pois fiquei maravilhada com o enredo de ambos.
Nessa antologia vamos conhecer mulheres que sonharam e lutaram por algo mais e mesmo assim não deixaram de se entregar ao amor verdadeiro. Muito pelo contrário, o que elas queriam era alguém que as amassem e respeitassem como mulheres para conviver lado a lado e não abaixo ou acima de ninguém.

Esse ano estou arriscando e dando oportunidade para novas histórias e  também quebrar alguns preconceitos que acabei colocando e estou muito feliz por isso.

Para quem ainda não leu nenhum romance histórico ou de época e tem curiosidade, super indico começar por essa antologia que ficou mais que perfeita e que me deixou com um gostinho de quero mais.
Parabéns a responsável pelo trabalho lindo e que venham mais livros e histórias como essa.

Formato físico: https://www.editoraportal.com.br/produto/antologia-rendendo-se-por-uma-solteirona/


RESENHA LUNÁTICA: A VIÚVA

Resenha A Viúva
Autora: Fiona Barton
Editora: Intrínseca

Sinopse:
Ao longo dos anos, Jean Taylor deixou de contar muitas coisas sobre o terrível crime que o marido era suspeito de ter cometido. Ela estava muito ocupada sendo a esposa perfeita, permanecendo ao lado do homem com quem casara enquanto convivia com os olhares acusadores e as ameaças anônimas.

No entanto, após um acidente cheio de enigmas, o marido está morto, e Jean não precisa mais representar esse papel. Não há mais motivo para ficar calada. As pessoas querem ouvir o que ela tem a dizer, querem saber como era viver com aquele homem. E ela pode contar para eles que havia alguns segredos. Afinal, segredos são a matéria que contamina (ou preserva) todo casamento.

Narrado das perspectivas de Jean Taylor, a viúva, do detetive Bob Sparkes, chefe da investigação, cuja carreira é posta em xeque pelo caso, e da repórter Kate Waters, a mais habilidosa dos jornalistas que estão atrás da verdade, o romance de Fiona Barton é um tributo aos profissionais que nunca deixam uma história, ou um caso, escapar, mesmo que ela já esteja encerrada.

Resenha por Carol Miranda:
Será que realmente podemos dizer que conhecemos nossos cônjuges verdadeiramente?

Em "A viúva", vamos ver uma trama que se intercala entre o desaparecimento de uma garotinha e de uma viúva que aos poucos foi descobrindo que o seu casamento dos sonhos não era tão feliz assim.

A trama vai se desenvolvendo aos poucos e cada detalhe é muito importante para o desfecho final da história. O melhor sobre a escrita da autora, é que ela brinca com o leitor até próximo ao final da história, fazendo você duvidar quem é o verdadeiro culpado.

Além disso, o livro aborda sobre a pedofilia infantil, como esses fóruns secretos crescem cada vez mais e devido estarmos tão apegados a internet, que saímos expondo nossas vidas, sem saber quem realmente esta por trás daquela tela. Então que fique a lição de evitar marcar locais que frequenta com a família e tudo mais, é ótimo para que as pessoas aprendam a se policiar.

Apesar de ter ficado fascinada e presa na história confesso que eu quis um pouco mais no final, pois o livro é encerrado deixando o leitor com um gostinho de quero mais, já que do início ao fim a trama é recheada de suspense.

No geral "A Viúva" é um ótimo livro para quem adora um bom suspense policial e que mostra que muitas vezes a aparência engana.

Até que ponto você é capaz de ir para defender ou acreditar em quem você ama?
Venha descobrir em A viúva!

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - NAS SUAS MÃOS


LIVRO: NAS SUAS MÃOS
AUTORA MARJORY LINCOLN
EDITORA 3DEA
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE


Quando Davi Moura chegou ao Departamento de Policia Civil em Porto Alegre, a vida de Lívia mudou completamente. Aquele doutor barbudo, forte, extremamente inteligente e charmoso com seu sotaque sulista parecia ter preenchido um vazio dentro de si que ela jamais conseguiria explicar em palavras, e com ele não foi nada diferente. Ele não sabia se tinha cacife para namorar a melhor e mais bonita investigadora do estado, mas tentou e conseguiu.

Um completava o outro, parecia que aquela teoria da ‘metade da laranja’ nunca havia feito tanto sentido, mas em uma noite de natal, algo mudou, foi o fim de tudo. Para ele Lívia “não era mais o suficiente”, não existia mais sentimento algum, aquele relacionamento de “contos de fadas” era uma mentira. O cara mais amável que ela havia conhecido se transformara em segundos e ela nunca soube explicar o porquê, se é que havia alguma explicação.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Quando Davi Moura veio trabalhar na Polícia de São  Paulo, não imaginava que naquele primeiro dia ele encontraria  a mulher que o tiraria dos eixos.
Lívia  se encantou por Davi logo assim que viu aqueles par de olhos verdes, que a instigava  a querer algo a mais. 
Com seu jeito direto de falar, Davi logo levou Lívia para conhecer sua cabana. Daí  em diante foram quatro meses mais felizes de suas vidas.
Como felicidade alheia  incomoda muita gente, Davi se vê  em um dilema:  Deixar a mulher que ama ou a proteger de todas as maneiras possíveis.
Depois de anos de uma "falsa vida", ele  reencontra  Lívia em uma situação  em que ele  é o principal suspeito, e ela é sua  salvação. 
O que fazer quando o seu amor está tão  perto?
Como superar toda a dor ?
Como seguir em frente diante de tanta mágoa?
 Esse desenrolar, vai te surpreender de várias maneiras.

domingo, 21 de outubro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - CORTE DE ESPINHOS E ROSAS



RESENHA: CORTE DE ESPINHOS E ROSAS
EDITORA: GALERA RECORD
AUTORA: SARAH J. MAAS
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE:

Ela roubou uma vida. Agora deve pagar com o coração. Nesse misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

RESENHA DA BLOGUEIRA

Quando Feyre perde a sua mãe ela assume a promessa de cuidar do seu pai e das suas irmãs sozinha. Ela aprende a caçar, nadar e a negociar pela família.
Um dia, em uma caçada na floresta, Feyre encontra uma corça e em seguida um lobo negro enorme. O que fazer?
Matar a corça?
Matar o lobo?
Usando sua única flecha de freixo ela sela seu destino matando o lobo.
Nesse desenrolar entre o mundo real e o de Phythian vivemos muitas aventuras com ela em sua nova vida ao lado do Gra-Senhor Talim da corte primaveril. O relacionamento do casal começa aos poucos, vindo recheado de muitos mistérios e segredos que estão embutidos nesse livro, que nos mostra um passado em que Feyre é literalmente a chave para o futuro de todas as cortes.
A história é apaixonante e fica ali te evolvendo a cada capítulo. Impossível foi não devorar esse livro e me apaixonar pela escrita perfeita, interessante, bem desenvolvida e que lentamente vai te cativando.
Um dos melhores livros que eu li do gênero fantasia e eu recomendo muito.

sábado, 13 de outubro de 2018

RESENHA LUNÁTICA- DUMPLIN¹: CRESÇA E APAREÇA. FAÇA E ACONTEÇA!


Título: Dumplin': Cresça e Apareça. Faça e Aconteça!
Autora: Julie Murphy
Editora:Valentina

Sinopse:
Especialmente para os fãs de John Green e Rainbow Rowell, apresentamos uma destemida heroína e sua inesquecível história sobre empoderamento feminino, bullying, relação mãe e filha, e a busca da autoaceitação. Sob um céu estrelado e ao som de Dolly Parton, questões como o primeiro beijo, a melhor amiga, a perda de alguém que amamos demais e "estou acima do peso e ninguém tem nada com isso" fazem de Dumplin' um sucesso que mexerá com o seu coração. Para sempre.
Gorda assumida, Willowdean Dickson (apelidada de Dumplin' pela mãe, uma ex-miss) convive bem com o próprio corpo. Na companhia da melhor amiga, Ellen, uma beldade tipicamente americana, as coisas sempre deram certo... até Will arrumar um emprego numa lanchonete de fast-food. Lá, ela conhece Bo, o Garoto da Escola Particular... e ele é tudo de bom. Will não fica surpresa quando se sente atraída por Bo. Mas leva um tremendo susto quando descobre que a atração é recíproca.
Ao contrário do que se imaginava – a relação com Bo aumentaria ainda mais a sua autoestima –, Will começa a duvidar de si mesma e temer a reação dos colegas da escola. É então que decide recuperar a autoconfiança fazendo a coisa mais surreal que consegue imaginar: inscreve-se no Concurso Miss Jovem Flor do Texas – junto com três amigas totalmente fora do padrão –, para mostrar ao mundo que merece pisar naquele palco tanto quanto qualquer magricela.

RESENHA PELA BLOGUEIRA CAROL MIRANDA

Willowdean mais conhecida como Dumplin, sempre se mostrou uma menina que não se importava com o que pensavam a seu respeito, até encontrar o primeiro amor. Então ela começa a se questionar e a reavivar memórias sobre sua tia Lucy que morreu.

Dumplin fala muito além de empoderamento. Ele fala sobre amores, amizades, erros, acertos e medos que nos travam.

Nesse livro vamos conhecer além da história de Will, a história de Millie, Hannah, Ellen e Amanda. Meninas que são ridicularizadas e inferiorizadas seja por sua altura, corpo, dentes ou alguma deficiência. Mas o livro também mostra que existem pessoas que tentam te inferiorizar  ou te diminuir pelo simples prazer de achar que podem fazer isso, por acharem que têm esse direito. Porém elas estão erradas. Ninguém tem o direito de te diminuir e só vão ter esse poder se você aceitar ou se calar e deixar que o que essas pessoas falem seja tomado como verdade.

O livro deixa a lição para que a gente se ame. Não importa sua cor, seu peso, religião ou opção sexual. Você tem que se amar e se aceitar assim, pois são essas características que te tornam única e especial.

Quem ainda não leu ou não conhece essa história, leia esse livro que mostra que o preconceito muitas vezes está  dentro da nossa casa, no meio dos nossos amigos e daí vão criando raízes.  Mostra que não é apenas sobre ganhar ou perder e sim de se arriscar e mesmo caindo, lutar para realizar seus sonhos.  Independente de você não ter ninguém para sonhar ele com você.

Por isso, se arrisque, ame e viva!
Pois o mundo está cheio de juízes para criticar e apontar, mas é melhor você lutar e fracassar do que desistir com medo do que os outros vão achar.

Dumplin é um livro que mostra que quem é julgado pela aparência cansou de se esconder, cansou de ser rotulado e vai mostrar para as pessoas que o mundo não precisa de só um rostinho bonito, mas sim mostrar que cada um tem a sua beleza no meio de tantas imperfeições.

Link para compra do livro: https://loja.editoravalentina.com.br/dumplin-julie-murphy

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

RESENHA LUNÁTICA - OUR FALL


LIVRO: OUR FALL
AUTORA AMANDA MAIA
DISPONÍVEL EBOOK AMAZON
RESENHA POR FEH SEIXAS

SINOPSE

Para Quinn Portman ser a garota perfeita nunca foi um sacrifício. Filha de um militar respeitado nos Estados Unidos, irmã e amiga atenciosa, estudiosa e responsável, ela só pensa em deixar os pais orgulhosos de suas escolhas. Sua vida sofre uma reviravolta explosiva quando James Ridley cruza seu caminho. Corpo esguio, sorriso sagaz e um olhar que parece querer desvendar tudo, mas não revela absolutamente nada. Sem conseguir resistir aos encantos misteriosos do homem atraente que a cerca, Quinn ignora os sinais que ele lhe dá a respeito do seu passado e garante que não há nada que ela possa esperar dele no futuro. James vai fazer com que os princípios inabaláveis de Quinn se tornem seu pior pesadelo. Se a verdade é o estopim para a queda, ele se aproxima.


RESENHA DA BLOGUEIRA


Quinn com apenas  dezessete anos  já sabe o que fazer após o colégio, ser atriz é o seu maior objetivo.
James, um homem atraente e professor de literatura e cheio de mistérios.

Quantas mentiras você aguentaria por amor? 

A autora te envolve na história de uma forma que a cada capítulo você está sentindo uma emoção diferente.

Quinn é imatura em algumas situações o que é justificado, já que só tem dezessete anos e está começando a se aventurar em um romances, mas em alguns momentos mesmo sabendo que ela é nova fiquei doida para dar uns tapas de realidade nela.
James é aquele homem que se acha e usou isso para atrair a menina. Ele é o ser humano mais instável que já vi.

O que foi esse final? Muitas coisas foram esclarecidas, e a autora é fantástica em nos envolver nas situações. Agora bora para continuação e descobrir se irei querer matar o James ou Quinn, ou será impossível não amar os dois? Acredito que o próximo livro promete muitas emoções.

RESENHA LUNÁTICA - SUA ÚLTIMA DUQUESA


LIVRO: SUA ÚLTIMA DUQUESA
AUTORA GABRIELLE KIMM
EDITORA RECORD
RESENHA POR ELZA SANTOS

SINOPSE

Gabrielle Kimm dá vida às paixões e aos habitantes de Toscana e Ferrara no século XVI Seduzida pelo sol ardente e pelas paixões ofuscantes da Itália Renascentista, a jovem Lucrécia de Medici, de 16 anos, vê uma vida dourada estendendo-se à sua frente. Seu marido muito rico escolheu-a como esposa, e o grande castelo dele em Ferrara vai ser o seu playground. Mas Alfonso d’Este, Duque de Ferrara, rapidamente se mostra tão perigoso e misterioso quanto é moreno e bonito, e as paredes de pedra do castelo parecem fechar-se em volta de Lucrécia como os muros de uma prisão. Apenas a amante do duque, Francesca, parece capaz de domar sua fúria crescente, enquanto sua necessidade desesperada de produzir um herdeiro o faz cair numa obsessão delirante. Com a cabeça cheia de sonhos desfeitos, Lucrécia foge dele por um caminho perigoso que pode lhe custar muito caro.


RESENHA DA BLOGUEIRA


 Quando a belíssima Lucrécia de Medici na flor da idade se casa com o duque Alfonso d'Este, herdeiro do poderoso ducado de Ferrara, ela não imaginava as surpresas que estariam  por vir.
O que seria um casamento perfeito, com um duque lindo
e perfeito se desfaz com o passar dos dias. Diante desses fatos ela busca se manter lúcida tendo como amiga a sua ama.
Com a chegada de "Fra Padolf e seus aprendizes, ela  descobre que pode sim ser feliz e fará  tudo para realizar esse desejo e viver esse amor.
Um livro lindo e cativante. Ele é um misto de realidade e fantasia da autora, pois existiu sim uma Lucrécia  de Médici e sua vida  é tao misteriosa quanto essa história a que lhes falo.
Eu realmente amei e recomendo a leitura.

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

RESENHA LUNÁTICA: NÃO SE APAIXONE POR MIM

Livro não se apaixone por mim
Autora L. C. Almeida

Sinopse:
Zoe Saint é uma professora de literatura decidida a mudar de vida. O primeiro passo? Contratar o lindo e tatuado Mash White, seu amor platônico do Instagram, como personal trainer.
Depois de conhecer um pouco sobre sua nova cliente, Mash assume também o desafio de ajudá-la a deixar de ser um desastre social e se transformar numa mulher segura e confiante. A única coisa que pede em troca é que Zoe não se apaixone por ele.
Entre os conteúdos previstos para as aulas estão: vencer a timidez indo a um show de rock e conhecer os membros da Black Road, banda mais famosa do mundo, sair em um encontro às cegas com um ganhador do Pulitzer e, por que não, passar por uma transformação completa?!
Mas Mash tem seus próprios problemas, com sua família, sua aparência e um grave caso de coração partido para superar. Ao longo desse mês juntos, eles vão descobrindo mais sobre o outro e uma forte conexão nasce ali, entre flexões, xícaras de café, agachamentos e lasanhas.
“Não se apaixone por mim”.
Qual dos dois se arrependerá dessa promessa primeiro...
Quem a fez? Ou quem a exigiu?


Resenha da Blogueira Vania Freire

Não se apaixone por mim...
Pense em um livro que você lê sorrindo e a cada página que passa vai ficando cada vez mais encantada e apaixonada pelos personagens. Fiquei completamente envolvida na trama e quando me dei conta já amanheceu o dia.

"Não se Apaixone por mim" conta a história de Zoe Saint, que é uma professora de literatura e está acima do peso e decidida a mudar de vida. Por isso, ela contrata o lindo e tatuado Mash White.
Até ai tudo bem, mas ela descobre que Mash White não é só lindo por fora, é também por dentro.

Porém, não se engane. O cara é lindo sexy, todo tatuado, só que ela o odeia e o ama intensamente por ele a torturar com os exercícios. Mas Mash apenas faz o seu trabalho. Afinal, ela o contratou para ser seu personal trainer e como incentivo para completar os exercícios, ela o seduz com cafés maravilhosos.

Mash passa o livro inteiro pedindo para Zoe não se apaixonar por ele. Só que ele não ajuda em nada nessa árdua tarefa, digo árdua, porque ele é simplesmente maravilhoso, perfeito, sexy, tem pegada e fala cada coisa, que faz não só a Zoe mas todas que leem o livro suspirar.

Para ajudar Zoe a ser mais desinibida, Mash tem a brilhante ideia de marcar um encontro para ela com outro aluno. A partir disso, tudo sai do seu controle e fica deliciosamente excitante.
Esse foi o primeiro livro da autora que li. Muito bem escrito, história sem furos e bem amarrada, escrita leve e fluida.  O livro aborda a autoestima, conflitos, amizades, preconceitos e principalmente o amor. É uma deliciosa comedia romântica. Super indico.

Clique aqui para comprar o livro