domingo, 26 de novembro de 2017

RESENHA LUNÁTICA: SELVAGEM MOTO CLUBE/ARANHAS MOTO CLUBE


RESENHA LUNÁTICA
AUTORA MARI SALES
PUBLICAÇÃO INDEPENDENTE
RESENHA POR SCAR MIRANDA

SINOPSE SELVAGEM MOTO CLUBE

O presidente do Selvagem Moto Clube está gravemente doente e um sucessor precisará ser escolhido antes que John morra. O vice-presidente deveria ser o herdeiro legítimo, mas seu mal caráter e negócios ilícitos fazem com que essa vaga seja disputada.John nunca quis que sua família se envolvesse com seu Moto Clube, mas sua filha Valentine entra na disputa pela presidência e nada mudará sua decisão. No meio dessa disputa entre o comando do Selvagem, Doc é o único homem que poderá confiar para lutar pelo Moto Clube e quem sabe pelo seu coração, que há muito foi judiado por outro motociclista.Entre a brutalidade e o preconceito, Doc e Valentine encontrarão muito mais do que resistência nos membros do Moto Clube, mas intrigas e traição.

 RESENHA DA BLOGUEIRA

Valentine é uma mulher determinada, que luta pelos seus sonhos, filha de pais separados, ela se vê entre seguir seu sonho ou continuar tendo uma vida normal. Quando recebe a notícia que seu pai, Presidente de um Moto Clube,  esta para morrer tem que tomar uma decisão. Apesar de toda a força e imponência de Valentina, no decorrer do livro vemos que ninguém é tão forte e  que não precise de alguém do seu lado, porém ela irá descobrir isso mais cedo do que imagina.
Brian(Doc),  um homem de princípios e capaz de abdicar de tudo pela família, após receber ajuda para salvar a vida da irmã, ele se alia aos selvagens em retribuição ao que o Presidente fez por sua família.
O livro tem um ótimo enredo, que não fica apenas na parte erótica, as cenas de ação são surpreendentes e vamos vendo os laços sendo criados no decorrer da história. Os personagens secundários são excelentes, dão o toque necessário para tornar essa história envolvente e maravilhosa.
Eu confesso que não sou muito fã de livros de motoqueiros, e esse me surpreendeu muito pela forma que a autora escreve, não tem como não se apaixonar por esse casal oposto, mas que juntos são puro fogo.
Será que o amor e a paixão são capaz de lidar com segredos e preconceitos?
Será que um coração maltratado pode voltar a amar?
Descubra no primeiro livro dessa série surpreendente!

SINOPSE ARANHAS MOTO CLUBE

Ter um relacionamento afetivo nunca foi preferência na vida de Rachel Collins. Seu trabalho e seu irmão eram as únicas prioridades, até que seu caminho cruza com o de Victor Aranha em um tribunal, em lados opostos. O homem de postura arrogante e confiante, presidente de um Moto Clube, abalou os planos da advogada.
Tempos depois, os dois se encontram informalmente e a chama adormecida se acende. Prudente e competente, Rachel acaba em conflito de interesses ao ser convidada por Victor, para uma noite sem compromisso. O lado pessoal dos dois estava pronto para colocar em risco tudo o que construíram.
Ela seguia as leis. Ele as quebrava.

Victor precisa de assessoria jurídica, e claro que convoca a atrevida Rachel Collins. Tentada pelo desafio, acaba envolvida em muito mais do que suas teias, mas no lado obscuro do Aranhas Moto Clube.

RESENHA DA BLOGUEIRA

 Rachel Collins, uma advogada decidida, cheia de ambições, tendo como prioridade seu trabalho, ela não dá espaço para romance em sua vida. Quando o desejo fala mais alto ela mata suas vontades e segue adiante. Victor Aranha é um homem temido, cheio de segredos, presidente dos aranhas, sua fama se espalha em todos os cantos. Até os Selvagens, já receberam um pouco da sua irá por ter se encontrado no mesmo caminho que esse homem. Esse livro foi uma grande surpresa, cheio de emoções. Rachel acaba se vendo atraída pelo perigo e por Victor.
Sem amigos e vivendo para o trabalho, ela vê sua bolha de perfeição ser arruinada, e todos seus sonhos e objetivos conquistados se desmancharem feito castelos de areia. Eu confesso que eu senti raiva da Rachel e ao mesmo tempo muita dó, pois ela nunca teve amigos além do seu irmão, e quando ela tenta se aproximar de Valentina para pedir ajuda, acaba sendo que meia jogada de canto. Victor foi uma caixinha de surpresa, eu fiquei apaixonada por esse casal explosivo. 
O livro tem emoção do começo ao fim,  além de mostrar que não existe certo ou errado no amor, ele também aborda o laço familiar, o que as pessoas são capazes de fazer para defender os seus. Confesso que muitas vezes eu queria dar uns cascudos no Denny, pela sua impulsividade e que por muitas vezes foi o que fez a merda voar longe.
Mari me conquistou no primeiro livro da série e fico muito feliz que a autora não perdeu a mão e fez essa sequência ser tão maravilhosa quanto o primeiro livro. Que venha logo a sequência dessa série, para que eu possa saber os segredos dos outros motoqueiros, e claro a Lena merecer seu castigo, pois essa megera está sempre se safando. 
 Até onde você é capaz de arriscar por amor? Descubra na história de Victor e Rachel. Leitura concluída! Nota: ⭐⭐⭐⭐⭐