sábado, 18 de novembro de 2017

RESENHA LUNÁTICA - POR UM PECADO QUE COMETERA


LIVRO: POR UM PECADO QUE COMETERA
AUTORA EMMA DUBAN
EBOOK AMAZON: https://www.amazon.com/Por-Pecado-Que-Cometera-Portuguese-ebook/dp/B076ZVVYRL
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ


SINOPSE

Quando o doce vinho vem com o prazer!
Judith Barth tinha acabado de perder tudo na vida: seu marido, seus filhos e seu sustento. Desmoralizada, escolhe seu destino pela quantia de dinheiro que tem na bolsa e chega a São Vinhedo, uma cidade pequena, sem nenhuma perspectiva de trabalho para uma mulher qualificada como ela. Lá, encontra o dono da vinícola Castelein, Gabriel Gattone, o homem que parecia ter saído de suas fantasias eróticas para a vida real. Determinada a tê-lo pelo menos por uma noite, Judith elabora uma mentira para trabalhar na vinícola. Mas, frente a frente com o alvo de seu desejo, não consegue fingir. Contratada para cuidar do marketing da Castelein, cai de paixão por Gattone, que parece não perceber as intenções da funcionária até ela cometer outro pecado. Numa noite de serão, completamente inebriada pelo cheiro dele e pelo vinho, Judith se masturba em cima de sua mesa e só nota a câmera de segurança após seu escandaloso gozo. Pode um homem resistir a tão inebriante cena? Viaje com Judith por caminhos antes nunca percorridos e prepare-se para um romance tórrido como você nunca viu!


RESENHA DA BLOGUEIRA

Fugida de seu terrível erro e julgamento de seus familiares, Judith embarca com duas malas, alguns centavos em um ônibus sem rumo. Ao chegar aquela cidadezinha pacata, repleta de vinhedos, não sabia que esconder sua vergonha iria pedir refúgio ao excêntrico Gabriel, um homem possessivo, dominador e muito lindo dono da mais famosa vinícola. 
Num jogo de desejo, fúria, possessão, desejos e muitas idas e vindas  das rodoviárias da vida, este casal me fez dar altas risadas. Jud nunca foi realizada como mulher e encontrou isso em Gabriel, ele com uma cabeça dura não queria admitir que aquela maluca fugitiva iria abalar todas as suas estruturas de homem das cavernas e despertar os seus desejos primitivos.
A autora soube levar a trama do começo ao fim, entretendo o leitor com uma história única, envolvente e muito erótica, mostra que mulheres com quarenta anos ou mais podem sim mudar o rumo de suas vidinhas sem graça. 
Única coisa que poderia mudar seria aquele final corrido, pois os personagens ficam num jogo de gato e rato, e mereciam um final de conto de fadas. Mas super recomendo a leitura.


Seja uma Jud e embarque sem destino, mas encontre a sua verdadeira felicidade e seus verdadeiros desejos.