segunda-feira, 16 de outubro de 2017

RESENHA LUNÁTICA - UM POUSO PARA O AMOR


LIVRO: UM POUSO PARA O AMOR
AUTORA: RENATA DIAS
EDITORA: GARIMPO
RESENHA POR CINHTIA GUTIERREZ

SINOPSE

Aretha nasceu em uma fazenda e aos dez anos ela e sua mãe mudaram-se para a capital. Foram muitas as tentativas até ela descobrir o que realmente queria fazer da vida e nesse meio tempo ela teve a oportunidade de arriscar-se em profissões e relacionamentos, dentro e fora do Brasil. Estava acostumada a jogar com seus parceiros e aventurar-se nas mais diversas fantasias até decidir-se mergulhar de cabeça num jogo de sedução e mistério, colocando suas convicções em dúvida e a fazendo perceber que, no final de tudo, o que ela queria mesmo, era um pouso para o amor…

RESENHA DA BLOGUEIRA

Aretha, uma menina mulher de uma família bem de vida, porém seu amado avô acabou com seu sonho de família feliz. Anos se passam, com seu primo Heitor morando alguns anos morando em sua casa, era um tremendo pé no saco, até que um dia que ambos quase se entregam ao fogo da paixão.
Ele foi embora de sua vida jurando que ela ainda imploraria para ele ser dela. O tempo foi passando e ela se transforma numa mulher sem rumo na vida amorosa e profissional, dando tempo ao tempo até achar o seu lugar, porém ela sempre soube o que queria numa boa transa, sempre desenrolada e objetiva quando coloca algo em sua cabeça. Após alguns anos morando fora, agora ela quer um rumo em sua vida. Um buquê de rosas em seu aniversário com um recado enigmático faz ela embarcar na maior loucura de sua vida: encontros secretos a la cinquenta tons de cinza com um homem que ela não conhecia, poderia ser qualquer pessoa: Max ou Sam? Talvez, mas o que ela não esperava era se apaixonar pelo misterioso: Meraki e suas fantasias eróticas. Desesperada em uma tentativa de descobrir quem era seu amor, ela se ver surpreendida com o decorrer dos fatos. Com um emprego dos sonhos e um amor que não é mais um mistério, agora ela se vê realmente feliz. A autora soube desenvolver a trama do começo ao fim, fazendo o leitor embarcar nas loucuras da personagem. Até eu queria saber quem era o tal cara misterioso, desenvolvendo mil teorias. Muitas vezes me peguei gargalhando com algumas cenas.

Segue um trecho do livro:
“ - Vamos racionalizar só um minutinho, ok? Você está se encontrando com um cara que tem nome de mágico, voz de personagem de Guerra nas Estrelas, age como Christian Grey e te manda embora intocada como a Chapeuzinho Vermelho. Estou esquecendo de alguma coisa?”
Super recomendo a leitura!