sábado, 30 de setembro de 2017

RESENHA LUNÁTICA - JUNTOS NO PARAÍSO (Trilogia Dark Paradise Livro 3)


Resenha Crítica: Juntos no Paraíso
Autora: Juliana Dantas
Resenha por Scar Miranda

https://www.amazon.com.br/dp/B0762KZLW8/ref=sr_1_3?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1506787677&sr=1-3&keywords=juntos+no+Para%C3%ADso

SINOPSE:

Mia tinha apenas 17 anos quando foi obrigada a se casar com Lukas Constantini para que ele pudesse receber uma herança. No entanto, o que deveria ser apenas um contrato se transformou em uma irresistível e dolorosa história de amor.
Cinco anos depois de um casamento repleto de espinhos, Mia e Lukas terão uma segunda chance para escrever um novo final para sua história.
Haveria a possibilidade de um final feliz?
“Juntos no Paraíso” é o terceiro e último volume da trilogia Dark Paradise.Não deixe de conferir os outros volumes “Longe do Paraíso” e “Espinhos no Paraíso”.

RESENHA

Chegou ao fim esta trilogia maravilhosa e já estou com saudade, não apenas desse casal, mas da família toda.

Nesse livro Juliana além de mostrar diversas formas de amor, mostra também que existem vários tipos de mães. Nele vamos conhecer desde a mãe relapsa, a mãe de coração - que é mais que uma mãe -, e também  a mãe gananciosa.

Foi um livro tão lindo e ao mesmo tempo tão perfeito que eu parei de ler ontem para não dar adeus a essa história.

Fiquei triste pelo final da Daniele que fez tudo por amor e também pelo final de Alexia, sei lá eu torci por algo mais pesado para ela.

Mas Juliana tem uma leveza na sua escrita mesmo ela tendo uma riqueza de detalhes,  que é quase impossível não terminar sem suspirar e pensar: acabou e agora? O que farei sem mais dessa linda obra?

Encerro essa trilogia feliz e mais apaixonada ainda pela escrita dessa autora desejando dessa vez não apenas um livro físico dela na minha estante, mas sim todos os que tive o prazer de ler até agora.

Agora irei deixar essa frase que acho mais que válido para encerrar essa resenha e que com certeza faz muito jus a esse livro: 
"Amor é a soma de todos os outros sentimentos bons que a gente conhece. Ele é estrada e chegada em si mesmo. É o caminho que se abre enquanto se dá os passos. É o trabalho e a própria recompensa."