terça-feira, 26 de setembro de 2017

RESENHA LUNÁTICA - ESCOLHAS


LIVRO: ESCOLHAS
AUTORA HELLEN CAROLINE
EDITORA LIVROS PRONTOS
RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

SINOPSE

A jovem mineira Clara Luna cresceu em um orfanato no qual fora abandonada ainda bebê. Ainda assim, o fato de ter sido rejeitada pelos pais biológicos apenas fez dela uma menina corajosa e batalhadora. 

Com a sede de vencer que adquiriu ao longo dos anos, Clara realizou o sonho de conquistar uma vaga numa das melhores faculdades federais do Rio de Janeiro.

O que Clara ainda não sabe, é que sua graduação lhe trará mais do que um diploma. E o nome desse primeiro quesito a mais em sua vida chama-se Maximiliano Haskel Neto.

Max é seu chefe no primeiro e novo estágio e logo que se encontram, os dois descobrem uma mútua e irreversível atração, fazendo com que um não consiga se afastar do outro.

Mas o destino lhes prega uma peça e Max terá que optar por mantê-la sob seus cuidados porque é isso que o seu coração diz que eles precisam, ou deixá-la partir para sempre, com sua razão complexa e abalada falando mais alto por si.


RESENHA DA BLOGUEIRA

Clara Luna, órfã, viveu toda sua vida num lar para crianças, quando saiu foi diretamente para faculdade afim de seguir em frente com sua vida.
No seu primeiro estágio conhece de cara o Maximiliano, esse que fica apaixonado por ela, estranho né, sim um homem se apaixonar de cara, mas aconteceu. 
Ele ao estilo Grey super possessivo, queria ela assim que chegou a sua empresa. Ela não fica diferente nessa comparação, pois é louca pra ter uma deusa interior e conversa muito consigo mesma, teve momentos que quase mandei ela calar a boca e focar na trama central.kkkk
Tudo estava as mil maravilhas, quando a vida decide colocar diversos obstáculos na vida no casal vai e volta, mais vai do que volta, mas será que vão ficar realmente juntos devido a tantos mistérios?

A trama tem uma narrativa bem fácil, sendo em primeira pessoa.

A autora abordou vários temas complexos, e soube conduzir a trama sem dificuldades.
Confesso que o personagem que mais gostei na trama foi o bisavô, como gostei daquele velhinho, que de velho não tinha nada. Amei que a autora abriu o leque e fez da Alice uma personagem super importante na história, porém acho que o abuso que ela sofreu deveria sim, ter sido denunciado.

De modo geral é uma boa leitura.                        ⁠⁠