sexta-feira, 15 de setembro de 2017

RESENHA LUNÁTICA - DUAS METADES


LIVRO DUAS METADES
AUTORA ALE SILVA
PUBLICAÇÃO INDEPENDENTE
https://www.amazon.com.br/Duas-Metades-Ale-Silva-ebook/dp/B06ZYCJHSH?_encoding=UTF8&psc=1#productDescription_secondary_view_div_1505444936988



SINOPSE

Ana Luíza tem sua vida transformada na noite de sua formatura, graças a um motorista embriagado. Agora ela se dedica a cuidar de sua mãe, não tendo mais uma vida social. Até que surge uma nova oportunidade de emprego em suas mãos. Na noite em que sai com sua amiga para comemorar a nova fase, conhece Edu em um bar. Por mais que tente, não consegue tira-lo da cabeça, mesmo sabendo que as chances de se reencontrarem são quase nulas, já que ele não era de sua cidade. Carlos Eduardo perdeu sua família quando tinha dezoito anos, vítimas de um assalto em sua residência. Depois de oito anos ele ainda não conseguiu voltar a ser a pessoa alegre que fora um dia. Não consegue se envolver com mais ninguém, depois que sua ex-namorada tentou armar contra ele, de olho em sua herança. Teve casos de uma noite, mas nenhuma mulher conseguiu quebrar as barreiras que ele criou em volta de seu coração. Até conhecer Ana.

RESENHA POR CINTHIA GUTIERREZ

Está precisando de uma leitura leve e gostosa. Duas Metades é esse tipo de livro, que faz o leitor querer ler bem devagar e curtir cada detalhe da trama. O destino traçou tudo antes que a vida pregasse peças nas vidas de Cadu e Lú. Após muitos sofrimentos e uma nova rotina ambos acabam se envolvendo, se encontrando, se desencontrando e finalmente encontrando o amor tão esperado em meio às tempestades da vida.
A autora foi muito perspicaz em abordar temas tão cotidianos, mas ao mesmo tempo tão delicados: adoção, síndromes especiais e tratamentos especializados. É assim que a trama te deixa fascinada pela sutileza nos detalhes, pelos personagens tão intensos e ao mesmo tempo tão cativantes, mostrando que mesmo você perdendo tudo, você pode encontrar tudo na sua metade. Super recomendo a leitura num dia frio ou num fim de tarde é uma grande pedida.