segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Resenha Lunática: Carmim


AUTORA:  Catarina Muniz
TÍTULO: Carmim

Sinopse:
Louis, um publicitário ítalo-americano na casa dos 30, não tem do que reclamar: é bem sucedido, viajado, bem relacionado e extremamente belo e sedutor. Porém, o falecimento repentino de seu avô o faz descobrir uma carta amarelada e amassada, e com ela, a bela espanhola Carmen. Ele pretende proteger a herança da família, dona de uma rede de confeitarias italianas espalhadas pelos EUA. E nesse intento, ele acaba sendo surpreendido pelo próprio desejo e se vê preso em teias encaracoladas cor de carmim.

Um romance proibido, repleto de sedução e erotismo, escrito alternadamente sob o ponto de vista de Louis e Carmen.
Divirta-se!

CONTEÚDO ERÓTICO - NÃO INDICADO PARA MENORES DE 18 ANOS!

Resenha por Cinthia Gutierrez

Assim que comecei a leitura, me senti lendo a história da família do Buddy da confeitaria italiana e programa de grande sucesso. Louis, um verdadeiro italiano americano, com uma vida sem complicações ou compromissos e lindo como um doce italiano perfeito.
Carmen uma espanhola de sangue quente, vivia sua vida pacata até tudo mudar de ponta a cabeça. Uma trama bem leve e descontraída, com mistérios de família, uma carta que tornou tudo em um tremendo caos.
A história a princípio parece inocente e sem complicações de fato, e você vai lendo e pensa: algum momento a autora vai mudar isso e eles podem ficar juntos com a consciência sem pesar, mas não! Até a última página eu tive esperança dessa reviravolta. Para ser bem sincera eu não curto nem um pouco história com incestos, o amor pode ser lindo, porém pra mim não é aceitável. Ainda quero acreditar que deixei de ler algum parágrafo que dizia que nada daquilo era verdade, e houve uma troca de bebês, algo do tipo.
A autora escreve muito bem, a história de fato não foi nenhum pouco clichê, teve temas bem conflitantes. Se eu indico? Não sei a resposta para um tema que não me agrada. Eu me decepcionei bastante com o final, falando que o amor apaga qualquer pecado e pode ter o felizes para sempre acima de qualquer coisa.