terça-feira, 11 de julho de 2017

RESENHA DOBRADINHA LUNÁTICA - REAL


LIVRO: REAL VOLUME I
AUTORA KATY EVANS
EDITORA NOVO SÉCULO

SINOPSE

Remington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e real.
Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar.
O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos.

RESENHA DAS BLOGUEIRAS


CINTHIA GUTIERREZ

Que livro lindoooo!!! Remy tão cheios de seus demônios e Brooke tão certinha, até conhecer O Arrebentador. A trama foi perfeita do começo ao fim, tudo foi na dose certa. A autora soube como abordar um tema complexo, porém, vivido por muitas pessoas, o texto foi de fácil entendimento e não deixou pontas soltas no enredo. Como não amar esses personagens? O amor deles mostra que podemos abdicar a qualquer coisa, mesmo estando na escuridão pelo simples fato de devolver a felicidade de quem amamos. O livro mostra como podemos enfrentar nossos demônios, que podemos conviver com nossos excessos e tirar proveito em forma de algo maior e pleno. Acho que chorei as últimas vinte páginas todas, foi emocionante aquele final, aquela entrega, aquele amor.

SCAR MIRANDA

Eu ganhei os dois últimos livros da minha amiga, Bete Falcão, e estava esperando para conseguir começar a ler. O livro de cara já começa intenso, acho que pelo início da história o povo pensa que é só mais um livro hot, mas no decorrer do livro é impossível não amar um pouco mais o Remy e a Brooke. Remy é um lutador de rua que foi expulso da liga profissional após perder a cabeça e lutar fora do ringue. Ele é um cara que conquistou sua família de amigos e que quando quer algo, vai atrás, mas como o próprio apelido ele tem medo de arrebentar quem esta ao seu lado. Brooke é uma mulher que teve seus sonhos perdido e teve que adiar sua participação nas Olimpíadas, após uma contusão, mas pior que isso, foi um vídeo gravado e os comentários que ela fazia questão de ver e ler todos os dias. Ambos são quebrados de uma forma, mas diferente do Remy, a nossa mocinha decidiu seguir adianta, se formar e ajudar outras pessoas que tinham passado pelo mesmo que ela, até ela decidir ir com a sua amiga (Mel) ver uma luta clandestina. O livro é intenso em umas partes e possui uma leveza que você fica apaixonada e encantada com a trama da autora e quando você começa ver o lado Negro de Remy é impossível não sentir medo do desenrolar da história, mas com toda certeza a autora soube ser perfeita e pensou em tudo. Ela finalizou o livro sem deixar nenhuma ponta solta e fazendo a gente suspirar por esse casal um tanto peculiar. Me arrependo de não ter lido esse livro antes, pois se tornou um dos meus xodós e agora é ir para a sequência ver o que me espera desse casal eletrizante.