sábado, 27 de maio de 2017

RESENHA LUNÁTICA COLETIVA - SR. DANIELS


RESENHA CRÍTICA

LIVRO: SR. DANIELS
AUTORA: BRITTAINY C. CHERRY
EDITORA: RECORD
Nº DE PÁGINAS:322

SINOPSE


Um amor proibido no melhor estilo de Romeu e Julieta 

Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings é enviada pela mãe descompensada para a casa do pai, com quem mal conviveu até então. Devastada, Ashlyn viaja de trem para Edgewood carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação, Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil. A atração é imediata, e, depois de um encontro romântico, os dois descobrem que compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare, mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. O único problema é que, quando Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor, descobre que Daniel é o Sr. Daniels, seu professor de inglês, com quem não pode de jeito algum ter um relacionamento amoroso. Desorientados, os dois precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, ainda precisam tentar de todas as formas superar problemas do passado e sobreviver a alguns conflitos inesperados e dramáticos que a vida apresenta – e que poderiam separá-los para sempre.


MARIA AUGUSTA

"Quando tudo está perdido Sempre existe um caminho Quando tudo está perdido Sempre existe uma luz..." Quando terminei minha leitura a música do Legião Urbana ficou dançando na minha cabeça e peço licença para utiliza-la no início desta resenha. Sr. Daniels conta a história de Ashlyn e Daniel personagens marcados por perdas, dor e sofrimento, vidas estilhaçadas que buscam compreensão. Amei a sutileza da autora presente nos diálogos bem construídos e cheios de sentimentos. Impossível não chorar com essa linda historia de amor e por algumas despedidas inesperadas da vida.
Este é um livro que mexe com você do início ao fim. Apaixone-se tbm pelo Sr. Daniels Bjos e até a próxima

S.CAR MIRANDA

O que dizer desse livro? Perfeito, maravilhoso,surpreendente e ainda assim é pouco para descrever toda a emoção e amor que senti ao ler cada página.
Ashlyn viu sua vida ruir do dia para noite, perder uma pessoa que ama é ruim mas a família ir junto de bônus é péssimo.
Daniel é o que podemos descrever como o príncipe encantado dos sonhos, mas sendo mais real com traumas e medos como qualquer ser humano. Tem uma frase que diz: "que às vezes você escolhe um livro e outras vezes ele que te escolhe," e eu só posso dizer que fui escolhida. A emoção, o amor e a trama foram muito bem escrita, e você não consegue colocar nenhum defeito. O livro não é perfeito mostra que muitas vezes podemos estar rodeados de pessoas, no entanto nos sentimos sozinho. Ash aprendeu duramente que quando mais precisamos, é que as pessoas se afastam, que muitos ficam perdidos no seu mundo e não tem um pouco de noção que a pessoa precisa de um abraço ou uma palavra amiga. Esse livro me deixou uma grande lição: sempre fale o quanto você ama alguém hoje, pois o amanhã pode não chegar.
Perfeito é pouco para descrever o amor, o bálsamo que esse livro me trouxe,e então só posso pedir para que vocês o leiam e só assim poderão sentir a emoção que é essa história.Acabei de lê-lo e já estou com muita saudades deles.

CINTHIA GUTIERREZ

Fiquei encantada com Daniel e Ashlym. Uma história de muitas perdas, muitos preconceitos, muitos ressentimentos, mas também de muito amor, renúncia e recomeço. Perder alguém nunca será fácil, mas a autora mas uma vez mostrou que na vida nada é fácil e por mais que fiquemos sem rumo precisamos encarar e seguir em frente. Nossa como eu chorei nesse livro, tive momentos que tive que chorar escondido pra ninguém ver. Os personagens que na minha opinião não foram nada secundários, e sim personagens de peso, personagens que em vários momentos do livro roubaram a cena sem pedir licença, Gabby e Ryan ganharam meu coração e minha admiração. Achei extraordinário a história aborda vários temas que enfrentamos no dia a dia, mas deixamos de lado e não encaramos com toda a maturidade desses personagens. Termino essa resenha deixando meu Notebook molhado em lágrimas, esse é o tipo de livro que me orgulho de ter lido e ter vivo cada momento, cada página e cada superação. Aceite quem você ama exatamente do jeitinho que ela, pra você pode não ser importante, mas para ela é fundamental.