quinta-feira, 23 de março de 2017

Vale a pena ler os livros da Megan Megan Maxwell? CO-MO VA-LE

Por que ler Megan Maxwell?

Porque ele é maravilhosa rsrs Bom, verdades a parte, eu sou simplesmente apaixonada de forma quase doentia pelos livros dessa mulher, a forma com ela escreve é praticamente perfeita. Quem já leu sabe o que eu estou dizendo, podem reclamar do que quiser nos livros, mas você não se perde nas histórias, as palavras são claras e não há pontas soltas, nem mal entendidos.

Comecei a ler livros de romance erótico com 50 tons de cinza, ainda muito nova no meio apenas joguei na busca os mais lidos e Megan me veio logo de cara, o que são os livros “Peça-me o que quiser”? São mais que romances, são verdadeiras descobertas, acho que é aquele livro que toda mulher deveria ler, independente se vai gostar, claro que ninguém vai sair uma Judith da vida, mas vai abrir muitos horizontes, digo por que abriram os meus.

O que mais amo na Megan é a escrita, a forma como as histórias são construídas, os personagens são “gente como a gente”, me peguei várias vezes lendo e pensando “Meu Deus eu sou assim” ou “ Nossa isso já aconteceu comigo”, sempre me identifico com eles, e são todos, acho isso fantástico. São histórias simples, com enredos cativantes e apaixonantes, indo desde romances mais eróticos como os “Peça-me o que quiser”, indo até romances mais água com açúcar como “Quase um romance”, tem para todos os gostos.

Os livros da Megan são mágicos, sei que sou muito suspeita porque sou apaixonada, vou lançar um desafio a ela “Escreve algo que eu não goste” rsrs. Os livros são envolventes e o teor erótico vem na medida certa de acordo com a história e com o tipo de personagem. Não é aquele sexo jogado, ao estilo “Se é livro erótico então bota sexo”, a leitura te envolve e tem uma coisa básica chama evolução, vai sendo gradual, vão envolvendo e sempre te deixando com aquela sensação de quero mais, muito mais.

Megan é como uma droga para mim, quanto mais dela eu tenho, quando mais eu leio, mais eu quero rsrs Ela foi quem me inspirou a escrever, é com ela que eu cresço, digo que sou discípula de Megan Maxwell.

Todo leitor ama ler, mas sempre tem aquele livro, ou aquele autor que te toca de uma maneira que você não sabe explicar, isso foi o que me aconteceu quando li pela primeira vez Megan Maxwell e hoje sou viciada, ou como ela nos chama, somos as Guerreiras Maxwell.

Se você é uma viciada em Megan, “Si eres una Guerrera”, sinta-se a vontade para me chamar e conversar, se não é ou não gostou dos livros, fica aqui minha curiosidade Por que? Me chama e a gente fala sobre isso também rsrs

Una Guerrera Maxwell