sábado, 18 de fevereiro de 2017

Resenha crítica do livro "A Mulher de Preto"



RESENHA

A MULHER DE PRETO

AUTORA: SUSAN HILL

ANO: 2015

EDITORA: RECORD


A Mulher de Preto é um livro de suspense que me causou diversos arrepios.

Arthur Kipps é um jovem advogado que viaja para a cidade de Crythin Gifford para o funeral da excêntrica Sra. Drablow e também para separar documentos importantes da finada cliente. Porém, todos os habitantes daquela cidade, tem um medo incomum da casa onde a finada morava. Há histórias que uma mulher assombra a casa e a região dos brejos… uma mulher maldosa, capaz de matar se preciso for. A mesma sofreu perdas no passado, morreu consumida por ódio e angústia e um desejo infinito de vingança.

“Ouvi com atenção. Nada. Somente a agitação do vento, que parecia
uma banshee, e as batidas e estalos da janela com sua velha e mal-ajustada
moldura. Então, mais uma vez, um grito, aquele familiar grito de desespero
e angústia, o grito de uma criança pedindo ajuda em algum lugar do brejo.”

 Arthur passa por terríveis momentos na casa, onde tenta confrontar a mulher de preto, porém sem sucesso. Tudo o que consegue é ficar perturbado. Mas ele conta com a ajuda do Sr. Samuel Daily, que já conhece toda a história por trás da casa e também a assombrosa Jennet Humfrye.


“— E sempre que ela foi vista — disse ele baixinho —, no cemitério,
no brejo, nas ruas da cidade, mesmo que rapidamente, e por quem quer
que fosse, houve um resultado certo.
— Sim? — sussurrei.
— Em circunstâncias violentas ou terríveis, morreu uma criança.”

Recomendo a leitura para os apaixonados por suspense. A escrita é em primeira pessoa, onde você consegue viver os relatos de Arthur e sentir que a mulher de preto está ao seu lado! Me arrepiei da cabeça aos pés e com certeza irei repetir a leitura futuramente!