domingo, 29 de janeiro de 2017

RESENHA LUNÁTICA- UM CASO PERDIDO


RESENHA POR: MARIA AUGUSTA REIS
Que livro foi esse? Minha primeira impressão foi “Mais um livro de romance adolescente”. No entanto Colleen Hoover escreveu uma história comovente e cheia de surpresas. A surpresa já começa com a personagem Sky, uma adolescente que vive alheia a tecnologia e com pouco convívio social. Pasmem a garota não tem redes sociais. É obvio que existe um segredo em relação ao passado da personagem, mas tenho que admitir que toda a história é bem construída e instigante. Sky é uma adolescente com personalidade, sem mimimi (estou cansada das mocinhas cheias de drama). Foi um prazer ver uma adolescente que não liga para as opiniões alheias e ainda tem bom humor para lidar com as ofensas. (Aplausos) Com o apoio da grande amiga Six, Sky convence a mãe a concluir seu ensino médio em uma escola, até o momento toda a sua formação ocorreu em domicilio (Choquei). A amizade e parceria das personagens é sincera e divertida. Fiquei emocionada com a carta da Six para amiga (Confesso, eu chorei) Mas como todo livro de romance precisa ter um par “perfeito”. Holder é o escolhido para conquistar e trazer sentimentos e emoções na vida da Sky. Entretanto o rapaz perfeito é cheio de altos e baixos, com cicatrizes e dilemas. Holder chamou minha atenção desde o início devido seu comportamento maduro demais. E isto só aumenta com o decorrer da história. Fica confuso para o leitor entender o comportamento da Sky em relação aos garotos e sua apatia em algumas circunstâncias. Até o momento paixão, afeto, amor são apenas palavras sem significado para Sky. Mas a grande sacada do livro é descobrir todos os porquês junto com a personagem. Preparem os corações para uma verdadeira montanha russa. Mas ao contrário do brinquedo a história de Sky e Holder é repleta de carinho, descobertas, sofrimento e superação. Boa leitura e observe as estrelas. Bjos